OpenOffice

Sobre

OpenOffice é uma suíte de produtividade de código aberto. Foi criado pela Sun Microsystems, em 2002, passou pelas mãos da Oracle Corporation em 2010 e posteriormente começou a ser desenvolvido pela Fundação Apache, a mesma que desenvolve um dos servidores web mais populares da atualidade. Está disponível em mais de 100 idiomas diferentes. Após descontentamentos da comunidade com a compra pela Oracle, a comunidade decidiu lançar um fork, chamado de LibreOffice.

Artigos de OpenOffice

Apache Foundation disponibiliza versão final do OpenOffice 4.0

às 19h48 por

Sem fazer barulho, a Apache Software Foundation disponibilizou nesta semana a versão final do OpenOffice 4.0, suíte de escritório gratuita e de código aberto que disputa espaço com o Microsoft Office e, de certa forma, com o seu "fork" LibreOffice. Uma das principais novidades desta atualização é uma nova barra lateral que tenta aproveitar melhor o espaço das telas, especialmente daquelas que possuem proporção 16:9. Esta sidebar pode ser movida facilmente e configurada para exibir atalhos dos mais diversos tipos.D

LibreOffice 3.3 está aí para concorrer com OpenOffice

às 15h01 por

Criado no ano passado a partir de um fork do OpenOffice, o LibreOffice finalmente chega à sua primeira versão estável disponível para download. Mantendo (por enquanto) a mesma numeração de versões do "pai" OpenOffice, o LibreOffice 3.3 possui diversas melhorias e novidades. Algumas delas são: Importação e edição de arquivos SVG; Importação e edição de arquivos PDF (apenas no LibreOffice Draw

5 dicas importantes para implantar software livre em sua empresa

às 21h08 por

Antes de mais nada, uma rápida introdução profissional: comecei a mexer com Linux e software livre em 1998, e passei a usá-los profissionalmente em 2001. Era uma época complicada pela falta de informação e documentação disponível, além da ausência de soluções livres que facilitam a vida de todo mundo e são comuns hoje em dia. A simples ideia de instalar o Linux já era uma aventura emocionante: interface de instalação em modo texto, você tinha que selecionar todos os pacotes manualmente, e invariavelmente você ia ter que baixar um módulo