Arquivo Aplicativos e Software

Steve Ballmer: "Windows 7 tem mesmo apenas 3 versões"

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

ballmer

Steve Ballmer, CEO da Microsoft

Em entrevista publicada pela CNET na segunda-feira (5) Steve Ballmer falou um pouco da atitude da empresa diante da crise econômica. O CEO da Microsoft tentou convencer as jornalistas Molly Wood e Ina Fried de que o Windows 7 não tem tantas versões, além de descartar o serviço Google Docs como um produto concorrente do mesmo nível do Microsoft Office.

Ballmer discorda de Eric Schmidt, CEO do Google, que disse em entrevista à Reuters que o pior já passou. Para Ballmer, “qualquer previsão de melhora no atual estado [da economia] provavelmente é um pouco prematura, considerando que a taxa de desemprego nos EUA está alta e continua crescendo”. A tecnologia, diz Ballmer, é a espinha dorsal que irá reconstruir a economia, em termos de inovação e produtividade.

Sobre o Windows 7, Ballmer nega que o sistema operacional tenha 7 diferentes versões. Na visão do CEO, são apenas três: Starter, Home e Professional, cada uma com suas subdivisões (Basic, Ultimate e Enterprise) e seus usos apropriados. Ele diz que o para aqueles usuários que precisam apenas do básico, as versões Home e Professional serão suficientes, enquanto que para “algumas pessoas que querem tudo que podem ter, apesar de estarem em casa, temos uma coisa chamada Ultimate”.

A concorrência com o Google ainda não preocupa Ballmer, que afirma que a Microsoft excedeu as expectativas quando se trata de competição com aplicativos do Google. Quando questionado sobre a possibilidade de empresas adotarem o Google Docs em lugar do Microsoft Office, Ballmer disse que não vê “nada de diferente em relação ao OpenOffice e Star Office, contra os quais a Microsoft se deu muito bem no mercado”. O executivo também disse que o  Google Docs “não é melhor do que aqueles que o precederam”.

O vídeo com a entrevista completa pode ser visto no site da CNET TV (em inglês).

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque