vazamento de dados

Artigos de vazamento de dados

Correios consertam falha que expunha dados pessoais em importações

às 20h53 por

O sistema Meu Correios foi alterado nesta sexta-feira (10) após o Tecnoblog revelar que era possível acessar indevidamente dados pessoais de outros clientes. Agora, o Demonstrativo de Impostos e Serviços de importações não traz mais nome completo do cliente, CPF e endereço. A empresa também comunicará a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) sobre o caso, seguindo o que manda a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Inep, órgão vinculado ao Ministério da Educação, expõe dados de 5 milhões

às 19h44 por

Uma falha no sistema do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) deixou expostos dados de mais de 5 milhões de pessoas. A vulnerabilidade permitia que qualquer pessoa inscrita na prova tivesse acesso a dados de outros alunos. Bastava alterar alguns parâmetros para visualizar os cadastros de inscritos nesse e em outros testes. INSS é processado por vazar dados de pensionistas a bancos privados

O que é o WikiLeaks? Entenda a relevância do site

às 08h44 por

Na Era onde os dados são mais valiosos do que petróleo, o comportamento humano individual é o maior ativo das corporações e Estados. Veja abaixo, o que é o WikiLeaks, entenda sua relevância e a pauta defendida, além das ações marcantes do site que prega “transparência total” dos governos e grandes corporações. O que é um hacker?O que é En

Sanções da LGPD começam a valer e preocupam empresas que não estão prontas

às 16h45 por

As punições previstas na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) começam a valer a partir de domingo (01/08). O órgão responsável por aplicar as sanções previstas na legislação — que foi aprovada em 2018 e que passou a valer em setembro de 2020 — é a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD). Mas especialistas ouvidos pelo Tecnoblog afirmam que as empresas ainda não estão bem adaptadas à LGPD, e quem não se ajustar pode sofrer prejuízo ao longo prazo.

Dados “anônimos” expõem padre que usava Grindr, app para público LGBT+

às 18h17 por

Apps de relacionamento coletam informações usando a localização do celular. Usar plataformas como Tinder ou Happn não é crime e geralmente não coloca em risco o emprego de alguém — exceto, por exemplo, quando o trabalho está associado ao alto escalão da Igreja Católica. O padre Jeffrey Burril renunciou ao cargo depois de um vazamento de dados "anônimos” revelar que ele tinha conta no Grindr, aplicativo para o público LGBT+.

Exclusivo: Gettr, rede social pró-Trump, vaza dados de apoiadores de Bolsonaro

às 22h54 por

A rede social Gettr, feita para conservadores, foi lançada nesta semana em meio a diversos problemas: ela sofreu um ataque hacker no dia da inauguração, foi inundada por conteúdo adulto envolvendo Sonic (!), e deixou uma falha exposta que permitiu coletar dados de quase 80 mil usuários. Isso inclui diversos apoiadores do ex-presidente americano Donald Trump e de Jair Bolsonaro, segundo apurou o Tecnoblog. O que

INSS é processado por vazar dados de pensionistas a bancos privados

às 18h49 por

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é uma das maiores bases de dados de cidadãos brasileiros. O repositório do órgão federal contém informações de pensionistas, ou seja, pessoas têm aposentadoria remunerada após 60 anos de idade — 62 para mulheres e 65 para homens, de acordo com a Reforma da Previdência de 2019. Mas há suspeitas de que o INSS tenha vazado dados pessoais e sensíveis para bancos privados que oferecem crédito consignado. Dados de 700 milhões de usuári

Vazamento do Facebook é investigado por suspeita de violar GDPR

às 19h30 por

A investigação sobre o vazamento que expôs 533 milhões de usuários do Facebook em 106 países foi oficialmente aberta na União Europeia. A Comissão de Proteção de Dados (DPC) da Irlanda, que já havia solicitado informações à empresa, afirmou que vai apurar se houve violação do GDPR (Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados).

Facebook não quer avisar 533 milhões de usuários sobre vazamento de dados

às 14h24 por

O Facebook não planeja notificar os 533 milhões de usuários afetados pelo vazamento que resultou na divulgação gratuita na internet de dados como número de celular e nome. A justificativa é de que não há plena certeza sobre quais contas tiveram informações vazadas. Além disso, a empresa diz que, mesmo com o aviso, as pessoas não podem fazer nada para resolver a situação.

Facebook confirma ser fonte de vazamento, mas diz que não sofreu invasão

às 17h13 por

Um conjunto de arquivos com 533 milhões de números de celular foi divulgado de graça neste final de semana. O Facebook confirma que é a fonte desse vazamento, mas quer deixar claro - por algum motivo - que não foi vítima de uma invasão. Na verdade, isso não foi necessário, porque a rede social expôs os dados de seus usuários em um recurso para importar contatos.

Veja se seu celular está no vazamento do Facebook que afetou 533 milhões

às 10h08 por

O serviço Have I Been Pwned, comandado há anos pelo especialista em segurança Troy Hunt, é bastante conhecido por ajudar a descobrir se e-mails e senhas foram expostos. No entanto, isso não era muito útil para o vazamento do Facebook, focado em números de celular. Felizmente, o site agora informa se seu número foi vazado - 8 milhões de brasileiros estão na lista. Veja como descobrir se isso afetou você.

Novo megavazamento de CPFs é apurado pela ANPD e Polícia Federal

às 17h09 por

A ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados) está apurando a venda de uma base com dados de 223 milhões de pessoas, incluindo nome, CPF, e-mail, endereço, celular, sexo e data de nascimento. O órgão abriu um procedimento para investigar o caso com a colaboração de órgãos como a Polícia Federal. O que fazer em caso de vazamento de dados pessoais?

Projeto no Senado pode impedir denúncias sobre vazamentos de dados

às 14h02 por

Um projeto de lei no Senado quer criminalizar a compra e a venda de dados vazados com a mesma pena de quem intercepta as informações de forma indevida. No entanto, a proposta tem uma redação ampla e pode penalizar ainda mais atividades, incluindo denúncias de vazamentos publicadas por jornalistas e empresas de segurança digital. O que fazer em caso de vazamento de dados pessoais?

Hacker ameaça vazar dados pessoais da prefeitura de Saquarema (RJ)

às 13h45 por

Ataques de hackers vêm dando dores de cabeça ao redor do mundo, e nem mesmo a pequena cidade de Saquarema (RJ), com cerca de 90 mil habitantes, foi poupada disso. Um grupo de invasores ameaça divulgar arquivos obtidos do sistema municipal, incluindo dados pessoais de funcionários como CPF, endereço, telefone, PIS/PASEP e até tipo sanguíneo. Grupo hacker invade laboratório de exames no Brasil e v

Vazamento com 12 milhões de CPFs e CNPJs inclui dígitos de cartão de crédito

às 16h32 por

A Eduzz, plataforma de cursos online, confirmou na segunda-feira (1º) que "foi vítima de uma atividade criminosa de cibersegurança". Desde a semana passada, um hacker está vendendo dados que teriam vindo da empresa: ele promete oferecer quase 12,5 milhões de CPFs e CNPJs com nome completo, e-mail, senha criptografada e número de celular. Além disso, existe uma lista de clientes com números parciais de cartão. O que fazer em

Serasa é alvo de processo que pede multa de R$ 200 milhões por vazamento

às 14h35 por

A Serasa Experian está sendo processada pelo Instituto SIGILO devido à exposição de dados sobre 223 milhões de CPFs e 40 milhões de CNPJs. A ação civil pública, que também inclui como ré a ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados), quer que a empresa pague multa de R$ 200 milhões e indenização de R$ 15 mil para cada titular afetado pelo vazamento. Grup

Grupo hacker invade laboratório de exames no Brasil e vaza senhas

às 14h35 por

O Grupo Meddi opera uma série de laboratórios de exames na Bahia sob as marcas Meddi, Multimagem e IHEF, e tem convênio com diversos planos de saúde. Conforme apurou o Tecnoblog, a empresa foi vítima do ransomware Avaddon, que criptografou um enorme volume de dados. O hacker responsável pelo ataque expôs senhas de acesso e documentos financeiros, e ameaça vazar mais informações confidenciais se não receber um pagamento.

Site Fui Vazado fica fora do ar após ordem do STF

às 19h21 por

O serviço Fui Vazado, que permite saber quais de seus dados estão no vazamento de 223 milhões de CPFs, se encontra fora do ar nesta sexta-feira (5). Esta semana, o STF (Supremo Tribunal Federal) determinou que a Polícia Federal deverá adotar medidas para bloqueá-lo da internet, além de ouvir o responsável pelo site. O Procon-SP, por sua vez, solicitou a abertura de um inquérito policial.

ANPD detalha como vai investigar megavazamento de CPFs

às 17h24 por

A ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados) informou que investiga o vazamento de dados de 223 milhões de pessoas. O caso, detalhado pelo Tecnoblog em janeiro, expôs informações como CPF, endereço, telefone, e-mail, score de crédito e salário de cidadãos. Os dados parecem ser da Serasa Experian, mas a empresa diz que não encontrou indícios de que é a fonte das informações.

Polícia Federal investiga vazamento de 223 milhões de CPFs

às 08h28 por

O vazamento de 223 milhões de CPFs tornou-se alvo de uma investigação da Polícia Federal. A ação tem como finalidade apurar a exposição de dados que atingiu até mesmo brasileiros falecidos. O Supremo Tribunal Federal (STF) também determinou a abertura de um inquérito para investigar o vazamento de dados de autoridades. O que fazer em caso de vazamento de dados pessoais?

Dataprev nega vazamento de dados, mas demite diretor de segurança

às 18h47 por

Rumores sobre um vazamento enorme na Dataprev, que teria afetado 270 milhões de brasileiros, começaram a circular na última terça-feira (2). A estatal veio a público para negar que isso tenha acontecido; mas, nos bastidores, o presidente da empresa demitiu o coordenador geral de Segurança da Informação. STF cobra investigação do governo sobre vazamento de CPFs

STF cobra investigação do governo sobre vazamento de CPFs

às 21h51 por

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, cobrou do governo investigação relacionada ao enorme vazamento de dados que expôs mais de 220 milhões de CPFs. Na segunda-feira (01), foram enviados ofícios ao ministro da Justiça, André Mendonça, e ao ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito (INQ) 4781, que apura ofensas e ameaças aos ministros do STF.

O que fazer em caso de vazamento de dados pessoais?

às 17h55 por

Os dados estão na rede: cópia dos documentos, endereços, perfil econômico, ocupação, fotos de rosto, vínculo familiar e tantas outras informações sensíveis disponíveis para qualquer um mal-intencionado botar as mãos. O que fazer diante de um vazamento de dados assim? Quando não é só trocar a senha, a atenção deve ser redobrada. O que fazer se alguma senha sua vazou na internet

Site Fui Vazado libera código-fonte e especialistas apontam o que melhorar

às 17h49 por

O site Fui Vazado foi criado como uma forma de verificar quem foi afetado pelo vazamento de 223 milhões de CPFs, e saber quais outros dados pessoais estão à venda, incluindo telefone, endereço, score de crédito e mais. Após vários questionamentos sobre segurança e privacidade, o desenvolvedor Allan Fernando procurou resolver algumas dúvidas e divulgou o código-fonte do sistema (sem as credenciais para acesso). Especialistas dizem onde o serviço ainda pode melhorar.

5,1 milhões de motoristas têm documentos expostos em falha do Detran-RS

às 14h25 por

Os dados de todos os 5,1 milhões de motoristas do Rio Grande do Sul ficaram expostos por conta de uma falha nos sistemas do Detran-RS. Com APIs que deveriam ser privadas, era possível acessar informações como RG, CNH (Carteira Nacional de Habilitação), Renach (Registro Nacional de Habilitação) e Renavam (Registro Nacional de Veículo). Exclusivo: vazamento que

Saiba se seu CPF e mais dados pessoais estão no vazamento de 220 milhões

às 13h40 por

Várias dúvidas surgiram após o vazamento de 223 milhões de CPFs, entre elas: como saber se meu documento foi vazado? O desenvolvedor Allan Fernando resolveu ajudar criando o site Fui Vazado, que permite conferir se seus dados pessoais - como nome completo, score de crédito, salário e foto de rosto - foram expostos. Há outra ferramenta que permite consultar se sua empresa está entre

Tecnocast 177 – O grande vazamento de dados do Brasil

às 16h57 por

Na última semana, uma reportagem exclusiva do Tecnoblog mostrou que houve um vazamento de dados sem precedentes no Brasil. Uma base de 220 milhões de brasileiros, mais que a população viva do país, foi colocada à venda na internet e reunia desde informações como CPF, telefone e endereço até renda mensal e pontuação de crédito.Neste episódio, vamos falar do vazamento que afeta quase todo mundo no Brasil, das sanções da Lei Geral de Prote

Especialistas alertam para riscos após vazamento que expôs 220 milhões de CPFs

às 21h31 por

Na tarde desta sexta-feira (22), o Tecnoblog revelou com exclusividade detalhes sobre as reais dimensões do vazamento de dados que expôs informações sensíveis de mais de 220 milhões de CPFs – número que contempla também pessoas já falecidas. O caso gerou grande repercussão por sua amplitude, e recebemos muitas dúvidas sobre quais procedimentos devem ser tomados a partir de agora.

Exclusivo: o que há no vazamento que afetou 40 milhões de CNPJs

às 14h21 por

Um arquivo com mais de 40 milhões de CNPJs está circulando na internet com o nome fantasia e a razão social das pessoas jurídicas. Conforme apurou o Tecnoblog, esta é a prévia de outra base ainda maior, que inclui o score de crédito, dívidas, lista de sócios e mais. A suspeita é que esses dados tenham vindo da Serasa Experian, assim como o vazamento que afetou 220 milhões de brasileiros; a empresa nega.

Carregar mais posts