Ir para o conteúdo.

Início » Celular e Tablet » Revista Veja: jogos vão aparecer em breve na iTunes Store do Brasil

Essa semana a revista Veja conseguiu informações que podem alegrar usuários do iOS no país. Segundo Lauro Jardim, da coluna Radar on-line, a Apple já negocia com as editoras e “dentro de trinta dias, a iBookStore, seu serviço de venda de livros digitais, estará funcionando no Brasil”. Além disso os jogos, que até hoje não estão disponíveis na loja, devem aparecer até o final do mês também.

O colunista esquece, no entanto, que a iBookStore já está disponível para usuários no Brasil e já disponibiliza certos livros gratuitos e em português desde o lançamento da iTunes no país. O que ele provavelmente quis dizer é que a Apple estaria negociando o início da venda de livros digitais com as editoras. Mas o artigo foi publicado no dia 1 de abril e caberia em um tweet, então perdoem-me se eu não deposito muita crença nele.

A revista também teria recebido mais informações sobre a venda de conteúdos da Apple no Brasil, dessa vez envolvendo os jogos da AppStore. Em um artigo publicado no dia 3 (ufa!) a colunista Renata Honorato, da Vida Digital, diz que “a empresa vai disponibilizar apenas jogos avaliados pelo Ministério da Justiça”, já que eles precisam passar pela destemida classificação indicativa antes de terem permissão para serem vendido no país.

Dito isso, nos resta imaginar como será o processo de aprovação que o Ministério terá de executar. Eles vão fazer um mutirão para aprovar os estimados 95 mil jogos (estatísticas do 148apps) disponíveis atualmente? Ou apenas os novos serão aprovados? Os desenvolvedores terão que ativamente pedir para serem classificados?

Há um dito popular em inglês que vez ou outra acompanha rumores ou boatos: take it with a grain of salt, que traduzido ao pé da letra é “receba com um grão de sal” e tem o sentido de “tome cuidado com esse rumor” pois trata-se de um rumor. Acho que no caso desses rumores específicos, dada a fonte e a data dele, eu aconselharia a “recebê-lo com um pacote inteiro de sal”.

Ainda assim, eu aguardo com “bafo mitigado” as duas novidades.

8 Comentários (Deixe o seu!)

  • Só acredito vendo, mas até que faz sentido, em especial a venda de livros na iBookstore.

  • Tudo Séries
    177c

    Tweet de um publicitário(ou whatever ele faz,só sigo ele por causa do seu blog de séries)

    “Games na AppStore esse mês. E pagamento em real até Junho. Essas duas pedras cantei em Janeiro aqui. Contratos que passam na minha mesa…”

    E em resposta a uma pegunta sobre quando mesmo:

    ” @#fulano provavelmente até o fim do mês. Do meio do ano não passa.”

    Não sei pq motivos ele mentiria até porque a conta é bloqueada e etc.

  • Gabriel Araujo
    45c

    [Como desenvolvedor]
    O problema das leis internacionais é que as faixas etárias são diferentes das daqui.

    No final das contas a Apple e o MJ não vão mover nenhuma palha, tem faz todo o serviço são os desenvolvedores, que tem que solicitar a publicação nessa região, enviar documentação.

    O ministerio não tem que jogar o jogo, o desenvolvedor que tem que provar, através de material audiovisual, por que o jogo dele é adequado a classificação que deseja.

    No caso da Microsoft, ela libera 100% dos jogos para o MJ ter acesso ao jogo sem a necessidade do desenvolvedor nao ter a necessidade de enviar algum material, por enquanto o desenvolvedor tem que enviar documentação,

    e esperar publicação no diário oficial.

  • vinicius
    16c

    rafa, o título não seria livros e não jogos?

  • Jornalismo de tweet é ótimo. Não consigo confiar em veículo/reporteres que fazem isso.

  • Yangm
    1c

    WHY YOU NO faz igual a Android Market? As leis brasileiras são arcaicas.

  • Veja?! Credo!!!

  • Turdin
    3346c

    Confiar na veja? Não, obrigado =p

Deixar comentário:

Leia | Política de Comentários.