Início » Jogos » Game brasileiro Oniken tem estilo retrô 8 bits que vai te agradar

Game brasileiro Oniken tem estilo retrô 8 bits que vai te agradar

Por
7 anos atrás

Aposto que a maioria dos leitores do Tecnoblog presenciou, mesmo que superficialmente, a era dos 8 bits dos videogames. Alguns não sentem falta desse tempo, mas grande parte dos gamers acredita que essa foi a era dourada dos consoles. Se você se encaixa no segundo grupo, tem motivos de sobra para se animar: um estúdio indie brasileiro está lançando Oniken, um jogo 8 bits com todo o desafio e charme que você poderia esperar de um jogo clássico do NES.

Oniken é um jogo de ação em plataforma, construído como um jogo para um sistema de 8 bits. Tudo que você pode esperar é uma jogabilidade baseada nos jogos que fundaram o que conhecemos como videogames hoje em dia, junto á um turbilhão de referências aos clássicos. Confira no trailer de lançamento do jogo.


(Vídeo do YouTube

Logo de início você vai sentir aquele frio na espinha, com uma história contada através das cutscenes clássicas que costumávamos encontrar uns vinte anos atrás — e admito, eu tinha menos de dez anos de existência. O cenário pós-apocalíptico sci-fi da primeira cena já demonstra que o mundo todo está ameaçado e somente uma pessoa é capaz de fazer algo para impedir: Zaku.

Os inimigos tremem ao ouvir seu nome.

Se a apresentação do jogo impressiona, as coisas conseguem melhorar quando o jogo começa. Os controles têm respostas instantâneas, como era de se esperar de clássicos como Ninja Gaiden e Megaman. Os controles são rápidos por uma razão muito simples: o jogo cobra toda a destreza de quem estiver no controle de Zaku. Fazia tempos que eu não utilizava meu vocabulário chulo com um jogo, mas Oniken me fez desenterrar todos os xingamentos que eu já aprendi na vida. Em muitos momentos você se pegará pensando: “O level designer desse jogo não tem coração!”. E eu acredito que não, mesmo.

O pôr do sol em 8 bits é cenário para uma das batalhas épicas do game

Os gráficos em 8 bits tem poucas cores, mas são muito bem detalhados, com ótimas animações e cenários muito bonitos. Cada batalha contra os chefes será um treino de memória e agilidade, cobrando toda a habilidade que você adquiriu durante o nível. Aguarde inimigos gigantescos no final das fases, no melhor estilo Contra. A história contada entre os níveis desvenda uma trama mais complexa do que se espera ao início, intrigando o jogador. Se conseguir passar os níveis, você vai se surpreender.

O jogo foi desenvolvido pelos brasileiros Danilo Dias e Pedro Paiva. Será lançado dia 22 desse mês pelo estúdio Joymasher. O jogo já está disponível para Windows em pré-venda no Desura pela bagatela de US$4,99 – um pouquinho mais de 10 reais – e você poderá conquistar um espaço no ranking on-line com os melhores jogadores.

Mais uma vez, desenvolvedores brasileiros demonstram que temos muito talento na nossa terra.

Mais sobre: , ,