Início » Internet » Google mata AdSense para Feeds e simplifica outros serviços

Google mata AdSense para Feeds e simplifica outros serviços

Paulo Higa Por

Eis uma notícia que pode incomodar blogueiros: o Google decidiu encerrar o AdSense para Feeds, programa que ajudava webmasters a ganhar alguns centavos (rendia uma mixaria) em troca da veiculação de anúncios nos seus feeds RSS. É mais um duro golpe ao FeedBurner, serviço de publicação de feeds lançado em 2004 por Dick Costolo, atual CEO do Twitter.

FeedBurner falha em exibir estatísticas (foto: Thássius Veloso / Tecnoblog)

Não é de hoje que há especulações sobre o fim do FeedBurner. O serviço praticamente não ganhou novidades desde que foi comprado pelo Google, em 2007, e vários fatos sinalizam sua morte: o domínio japonês do FeedBurner expirou, as contas no Twitter e no Facebook foram encerradas e os fóruns de ajuda estão cheios de spam. Agora o Google matou o único recurso do FeedBurner que ainda dava algum lucro para a empresa.

Mais limpeza

Enquanto o FeedBurner não é encerrado, o Google remove recursos e serviços pouco usados pelo público. Nem todo mundo sabe, mas é possível escolher um plano de fundo na página inicial do Google -- pelo menos até novembro, quando o recurso será removido. A comparação de tráfego entre websites no Google Trends não será mais possível. E a Central de Webmasters não terá mais o monitoramento de +1 do Google+.

Screenshot do Thássius Veloso, editor-executivo do TB e único brasileiro acordado que coloca fundo personalizado no Google

Uma pequena mudança vai afetar usuários que não pagam por espaço extra no Google: hoje, o Picasa fornece 1 GB de espaço para guardar fotos e o Drive oferece mais 5 GB para armazenar qualquer tipo de arquivo. Nos próximos meses, o espaço será consolidado: serão 5 GB para os dois serviços.

Essas novidades, segundo o Google, permitirão que a empresa se concentre em "fazer mais para ajudar a melhorar os produtos que milhões de pessoas usam várias vezes por dia" -- ou seja, gastar tempo no que vale a pena. Mais informações sobre as funcionalidades removidas estão no blog oficial do Google.

Com informações: TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

edujornalista
Estou indignado, eu ganhava em torno de 300 dólares só com meus feeds sem trabalho algum. Alguém sabe se tem outra forma de continuar ganhando com feeds?
Diego Rocha
Fim de feed é complicado cara, podcast vive disso...
Jaqueline
Uma pena, eu também uso...
Matheus ­
Que droga, eu adorava colocar imagens na home do Google :( Até hoje uso!
Marcus Winicius
Faz um bom tempo que uso esse papel de parede personalizado do Google! É muito bom!! Já mudei várias vezes... e no BD do Google tem uma imagem melhor do que a outra!! O tenso é só quando o Google lança um doodle! Aí tem que fazer um esqueminha para poder conseguir visualizar, porque senão, só vemos o papel de parede!!
Rafael Souza
Só espero que não cancelem o feedburner, pois apesar de seus bugs não tem um melhor para enviar o feed por email, que seja gratuito (pelo menos os que conheço). Mas como é de costume do google, tudo aquilo que não trás lucro é descontinuado na maioria das vezes.
Fernando Calúdio
ou isso indique o fim dos feeds. (de um jeito ou de outro: a longo prazo por cultura, ou porque os webmaster nao se sentiram a vontade de disponibilizar feeds, pois isso nao lucreia.
Fernando Calúdio
pensa?
Fernando Calúdio
sim ai voce vai ficar travado com a mesma imagem a vida inteira.
Paulo Higa
Há alguns anos eu usava o Netvibes.
Edmilson
O problema é adicionar, aqui por exemplo quando clico no feed uma das opções é +Google, e vai para a pagina que indiquei, é a questão da simplicidade.
Luiz Alberto
Por Mim tudo bem. Desde que tirem aquelas propagandas desgraçadas que aparecem no fim de cada feed, até melhor.
Henrique Pinheiro
Adorei a ss do Thás depois da confusão infundada nos comentários do outro post :P
Tiago Celestino
Acho que que o FeedBurner não morre, pois o Google ainda pensa no GReader. Assim espero.
João Neto
Agora ós falta uma nova interface para o FeedBurner e o Picasa Web Albuns
Exibir mais comentários