Início » Brasil » Jornais brasileiros pedem para sair do Google News

Jornais brasileiros pedem para sair do Google News

Entre eles "Folha", "O Globo" e "Estadão"

Por
7 anos atrás

Os principais jornais brasileiros estão fora do Google News (Google Notícias em português). Todos os 154 membros da ANJ, responsáveis por 90% da circulação de jornais em todo o país, retiraram suas notícias e matérias do agregador de notícias alegando que o Google não os paga pela distribuição de conteúdo produzido por terceiros.

Direitos autorais sobre produções jornalísticas na web foram um dos principais temas discutidos durante a 68ª Assembleia Geral da Sociedade Interamericana de Imprensa, organizada pela ANJ (Associação Brasileira de Jornais). A polêmica é motivada pela saída dos principais veículos de comunicação do país do Google News.

Assunto do dia no Google Notícias

Assunto do dia no Google Notícias

Dentre os jornais considerados nacionais associados à ANJ estão Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, O Globo (do Rio de Janeiro) e Correio Braziliense (de Brasília), além do especializado em finanças Valor Econômico.

De acordo com os jornais, eles saíram de plataformas como o Google “porque eles se comportam como home pages que usam seu trabalho”. De outro lado, o gigante da web se defende afirmando que torna o conteúdo desses mesmos jornais disponível para um número maior de pessoas.

“É preciso que alguém pague pela conta e dê aos donos dos veículos e aos autores uma parte do que se arrecada”, afirmou o advogado alemão Felix Stang durante o encontro. “Mas as duas partes devem trabalhar juntas. Não lutar entre si, mas cooperar”, completa.

Marcel Leonardi, diretor de políticas públicas do Google, afirmou no encontro que o Google News leva “um bilhão de cliques a sites de notícias em todo o mundo”, e comparou uma eventual cobrança a “um restaurante cobrar um taxista que levou seu clientes até a sua porta”.

Todavia, em 2011 a própria ANJ reconheceu que o Google News tinha pouco impacto no tráfego dos sites jornalísticos. Numa tentativa de buscar acordo com os jornais brasileiros, o Google News concordou em exibir apenas uma linha das matérias, levando o leitor a acessar o site que a produziu.

“Depois de um período de experiência e diante da constatação de que é reduzida a influência do Google News na audiência dos sites jornalísticos, o Comitê recomendou a saída dos jornais associados do Google News”, diz o relatório.

Tecnoblog tentou contato com a ANJ e com o Google Brasil. Aguardamos resposta.

Hoje mais cedo o jornal inglês Guardian noticiou que a imprensa francesa demanda repasse de verbas obrigatório por meio de legislação. O Google ameaça excluir os sites de jornais das buscas caso a lei passe.