Início » Negócios » Google ganha mais com publicidade que toda mídia impressa nos EUA

Google ganha mais com publicidade que toda mídia impressa nos EUA

Gigante das buscas ganhou US$ 20,8 bilhões no primeiro semestre

Por

Levantamento realizado por uma empresa chamada Statista divulgado na segunda-feira (12) afirma que, no primeiro semestre de 2012, o Google lucrou mais com a veiculação de anúncios do que todos os jornais e revistas dos Estados Unidos somados.

De acordo com os números, o gigante da web faturou US$ 20,8 bilhões com publicidade nos primeiros seis meses do ano, enquanto toda a mídia impressa das terras do Tio Sam teve que repartir um bolo de “apenas” US$ 19,2 bilhões.

Google: na frente da mídia impressa em 2012

Como a própria Statista aponta, a comparação é “obviamente injusta”, já que o Google é uma companhia de atuação global, enquanto as revistas e jornais têm atuação regional. Mas, de qualquer maneira, os dados servem como termômetro a respeito do lado para que a balança da publicidade vem apontando nos últimos tempos.

Em 2006, a renda global de publicidade do Google chegou à marca de US$ 1 bilhão, ao mesmo tempo que todos os veículos de comunicação impressa dos EUA receberam US$ 71 bilhões por veiculação de publicidade. Desde então, os números dos jornais e revistas dos EUA aparecem em sensível queda, enquanto o Google só vê seus números aumentarem.

De acordo com a Statista, é notável notar que “o Google, uma empresa com apenas 14 anos, faz mais dinheiro com publicidade do que uma indústria que está por aí há mais de 100 anos”.

Nos últimos tempos, não têm sido raros os casos de publicações tradicionais que abandonam o formato impresso para sobreviver apenas no meio digital – solução que por ora é adotada apenas por empresas em crise para tentarem sobreviver. O caso mais recente lá fora é da revista Newsweek, que deixará de circular nas bancas depois de 79 anos. No Brasil, o caso mais célebre é o Jornal do Brasil, se abandonou as bancas em 2010 depois de ser impresso por 119 anos.