Início » Celular » Tim Cook diz que a Apple é paga para decidir pelos clientes

Tim Cook diz que a Apple é paga para decidir pelos clientes

iOS 7 terá visual renovado, mais APIs e nada de Facebook Home

Por
6 anos atrás

Mais um ano de conferência D promovida pelo All Things Digital, do Wall Street Journal. Mais um ano de executivo da Apple participando da entrevista inaugural do evento. Fora este pequeno detalhe que me causa sono, até que Tim Cook trouxe algumas posições interessantes sobre o futuro dos produtos da Apple. Em resumo, ele falou um pouco sobre o iOS 7, desenvolvimento de novas APIs e a integração com o Facebook.

Clientes da marca que estão há meses sem novidades já sabem o que esperar da WWDC agendada para o mês que vem.

Primeiro e talvez o mais importante, Cook confirmou que Jonathan Ive é o atual responsável pela reformulação do iOS. Reza a lenda que o designer estaria trabalhando em formas de deixar o sistema da Apple mais limpo e com menos daquela técnica para reproduzir no ambiente digital metáforas visuais do nosso cotidiano – como a textura de papel no aplicativo de anotações.

Skeumorfismo é o nome dessa técnica que deixa o aplicativo de anotações com cara de caderno

Skeumorfismo é o nome dessa técnica que deixa o aplicativo de anotações com cara de caderno

Na página de lideranças da Apple consta que Ive supervisiona as equipes de “interface humana (human interface)” dentro da companhia. O que quer que isso queira dizer, certamente tem a ver com o iOS.

O grande desafio é justamente trazer novidades para uma plataforma muito bem vista pelos consumidores. Números de venda fabulosos comprovam que o iPhone, o iPad e o iPad Mini são sucessos nos mercados por onde passam.

Por outro lado, nunca vi tanta gente que entende um pouco mais de tecnologia pensando e migrar para outra plataforma. Dizem que o iOS não muda de cara nunca; que cansaram da aparência do sistema; que há mais possibilidades nas demais plataformas. Pode ser Jony Ive venha resolver esse problema em ~um mês.

O Walt Mossberg, jornalista decano em tecnologia, também questionou o sucessor do iCEO sobre a compatibilidade dos produtos da Apple com as ferramentas de terceiros. Em outras palavras, sobre a integração com demais aplicativos. Tim Cook foi assertivo em dizer que o iOS 7 terá mais APIs para os desenvolvedores se deliciarem com as novidades que estão por vir.

É por meio dessas APIs que os aplicativos têm acesso a uma série de recursos nativos do sistema. Quanto mais, tende a ser melhor. Desde que o cara não faça uma lambança completa – por exemplo, integrar um app de fotos para mandar todas as imagens salvas na memória do dispositivo por email, em anexo. Sorte que nunca vi isso acontecendo. Certamente a Apple bloquearia um aplicativo com este fim.

Tim Cook não deu outros detalhes sobre o desenvolvimento do futuro iOS. Mas disse que Jony Ive é sim uma peça fundamental neste processo de reinvenção. Isso é bom.

Eis que chega no assunto do Facebook Home. Lembra do aplicativo lançador de apps da rede social que coloca a cara dos seus amigos em todos os cantos do Android? Parece que o diretor-executivo da Apple não gostou muito do que viu.

Cook não quis confirmar aos presentes na conferência que o Facebook havia entrado em contato com a fabricante para levar o Facebook Home diretamente ao iOS. O Walt Mossberg continua bancando essa informação, dizendo que de fato isso aconteceu, mas o executivo fugiu da pergunta. Entretanto, admitiu que alguns clientes já demonstraram o interesse em ter uma parcela maior da rede social diretamente no celular. Isso não deve acontecer.

Palavras de Tim Cook: “Nós acreditamos que nossos clientes nos pagam para fazer escolhas no lugar deles. Eu vi algumas telas de configuração [do Facebook Home] e acredito que não é isso que os consumidores desejam.” Touché! Mark Zuckerberg provavelmente teve uma noite insossa depois de tal declaração.

Sai, capeta!

Sai, capeta!

Pelo menos a Apple sinalizou que haverá mais possibilidade de compartilhamento a partir de apps de terceiros. Hoje em dia o iOS se liga com certa facilidade a contas no Twitter e no Facebook. A tendência é que mais desenvolvedores tirem proveito deste tipo de integração. Ainda não se sabe como. Provavelmente só descobriremos na WWDC.

De qualquer forma, já te digo que um dos grandes trunfos do Android – a meu ver – é a integração com absolutamente qualquer app. Qualquer movimentação da Apple neste sentido é muito bem-vinda.

Vídeo: Tim Cook na D11

Assista abaixo à entrevista do CEO aos jornalistas do All Things Digital. O player é fornecido por meio de uma solução interna do Wall Stret Journal. A possibilidade de não funcionar direito aqui é bem grande.

Mais sobre: , , , ,