Início » Celular » Instalador do CyanogenMod é retirado do Google Play, mas você ainda pode baixar o APK

Instalador do CyanogenMod é retirado do Google Play, mas você ainda pode baixar o APK

Emerson Alecrim Por

O CyanogenMod ganhou bastante popularidade nos últimos meses, mas o sucesso costuma vir acompanhado de alguns percalços. A Cyanogen está passando por um deles exatamente agora: o CyanogenMod Installer, aquele aplicativo que torna mais fácil a instalação das ROMs da empresa em determinados smartphones, acaba de ser retirado do Google Play.

No blog do CyanogenMod, os desenvolvedores explicaram que foram informados pela equipe do Google que o aplicativo fere os termos de uso do serviço, uma vez que, ao propor a troca do sistema operacional que veio instalado no dispositivo por uma versão do Android não reconhecida pelo fabricante, induz o usuário a anular a garantia do produto.

Por recomendação do Google, a ferramenta foi retirada da loja de aplicativos pela própria Cyanogen, possivelmente para evitar um mal-estar maior, caso o procedimento tivesse sido feito pelo pessoal de Mountain View.

Cyanogenmod Installer

Não está claro se equipe da CyanogenMod tentará fazer o Installer voltar ao Google Play, uma vez que a violação (ou a desculpa?) apontada se refere ao propósito do aplicativo, que é imutável, e não a uma característica que pode ser ajustada. O próprio Google reconheceu que, em relação a todos os demais aspectos, não há nada de errado com a ferramenta.

Felizmente, há pelo menos duas boas notícias: a primeira é que os desenvolvedores tentarão disponibilizar o CyanogenMod Installer na Amazon Appstore - que estreou semana passada no Brasil - e na loja de apps da Samsung, já que os aparelhos desta marca estão entre os mais suportados pelas ROMs. É pouco provável que estes serviços aceitem o aplicativo, na verdade, mas não custa tentar.

A segunda e melhor notícia é que o CyanogenMod Installer continua disponível via arquivo .apk. Para utilizar esta opção, no entanto, o usuário precisa habilitar a opção "Fontes desconhecidas" (ou equivalente) nas configurações de segurança do Android para somente então executar o arquivo.

Vale lembrar que o procedimento completo de instalação da ROM envolve rodar o instalador para Windows que, por sua vez, orientará o usuário a conectar o dispositivo a ser atualizado à máquina via USB e, em seguida, a instalar nele o referido app para Android.

A ferramenta se encarregará de baixar o CyanogenMod (atualmente na versão 10.1, baseada no Android 4.2) e concluir a sua instalação, dispensando inclusive o usuário de ter que “rootear” o aparelho ou desbloquear o bootloader.

A lista de smartphones compatíveis, ainda não muito grande, está disponível nesta página.

Com informações: The Next Web