A Motorola foi para a Lenovo, mas o Project Ara, celular modular que o Google pretende construir e que levaria o selo da Motorola, continua em casa – e de vento em popa. Tanto que, quatro meses depois de anunciar que o projeto existe, o Google marcou um evento para potenciais desenvolvedores do smartphone em abril.

O anúncio foi feito na página do Google+ do Google ATAP – o laboratório de criação de tecnologias avançadas do Google, que também está trabalhando no Project Tango. Nele, é avisado que o primeiro encontro de desenvolvedores do Ara, chamado Ara Developers’ Conference, ocorrerá nos dias 15 e 16 de abril deste ano e será transmitido online. Para quem preferir estar presente, será liberado um número limitado de credenciais para o evento, que ocorrerá no Museu de História da Computação, em Mountain View.

motorola-ara-1

Será o primeiro de três encontros que o Google espera fazer voltados para o Project Ara neste ano. Nele, o foco será no kit de desenvolvimento alpha do Ara, chamado de MDK (Module Developers’ Kit), e será apresentado tudo que o Ara já é e o que pode se tornar, além de haver espaço para feedback dos primeiros devs a terem o MDK e desafios de desenvolvimento para a plataforma.

O evento, claro, é voltado para desenvolvedores, seja de hardware ou software, mas todo mundo que estiver interessado no smartphone modular pode acompanhar as transmissões.

É esperado que o MDK seja lançado no começo de abril como uma plataforma aberta. A agenda completa do primeiro Ara Developers’ Conference sairá nas próximas semanas no site do projeto.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcelo Rodrigues
lembra muito os aparelhos da Nokia
Walter Hugo Nishida Xavier da Silva
Na teoria é perfeito, mas na prática eu realmente não sei como fazer para funcionar. Sem padronização fica complicado para os desenvolvedores :/ .
Fernando Garcia
Leonardo Domingues E a bateria ... ter um relógio que tem que carregar a bateria todo dia é dureza ...
Edmilson Junior
Espero que role um aviso aqui no tecnoblog no dia para acompanharmos o evento.
Abimael Eugenio
Interessante, atualização física sem a necessidade de trocar de aparelho frequentemente,da mesma forma que faria um upgrade em meu PC.
Leonardo Domingues
Pedro, o problema do Smartwatch é que falta em todos que já foram lançados uma função matadora pra eles. Hoje em dia só se compra um smartwatch pra ter notificação dosmartphone no pulso, e isso é um motivo muito pequeno pra você comprar um smartwatch
Pedro Augusto
ah cara..não sei não...essa pode pegar no começo, mas acho q não dura mt tempo não...esses smartwatch msm até hoje nunca conseguiram firmar...pelejam mas não via pra frente...mas vamos ver como vai ser né
Michel França
Mais uma coisa que tem tudo para mudar totalmente o mercado, mas o pessimismo sempre ataca e pensamos em como os modules podem vir com preços absurdos para que as empresas "não percam dinheiro"...
Leonardo Domingues
Quando isso sair do papel vai ser pra mudar o mercado, certeza.