Início » Segurança » Mais duas casas de câmbio de Bitcoins são roubadas; prejuízo ultrapassa 600 mil dólares

Mais duas casas de câmbio de Bitcoins são roubadas; prejuízo ultrapassa 600 mil dólares

Por
4 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Considerada a maior casa de câmbio de Bitcoins antes de entrar com pedido de concordata, a MtGox não foi a única empresa a ter dinheiro roubado. A Flexcoin afirmou que hackers levaram o equivalente a mais de 600 mil dólares durante um ataque no último domingo (2) e encerrou as operações. Outro serviço de troca de Bitcoins, a Poloniex, admitiu nesta terça-feira (4) que está com 12,3% de dinheiro a menos, mas se comprometeu a pagar os usuários.

O caso da Flexcoin é o mais complicado. A casa de câmbio diz que uma falha de segurança permitia que um hacker fizesse milhares de requisições simultâneas para enviar dinheiro de uma conta para outra até que o remetente tivesse o saldo zerado. Assim, todo o dinheiro armazenado na hot wallet, ou seja, em carteiras acessíveis pela internet, foi roubado. O prejuízo foi de 896 BTC, ou aproximadamente US$ 620 mil (R$ 1,4 milhão na cotação de hoje).

Bitcoin_2

Sem dinheiro para pagar o prejuízo, a Flexcoin decidiu fechar suas portas imediatamente. O Bitcoin não é regulado por nenhuma autoridade central e não há uma maneira simples de desfazer transações, então a possibilidade de que os clientes afetados tenham o dinheiro de volta é praticamente nula. Ironicamente, uma semana antes do ataque, a Flexcoin havia publicado o seguinte tweet:

Mas nem todos os clientes da Flexcoin tiveram todo o dinheiro perdido: quem havia pago uma taxa de 0,5% para que seus fundos fossem colocados em um armazenamento frio, mantido em máquinas sem acesso à internet, não foi afetado pela falha. De acordo com a Flexcoin, esses clientes serão contatados para terem a identidade verificada e as moedas virtuais serão transferidas sem nenhum custo.

Já a história da Poloniex é mais feliz, embora nem tanto para o dono. Um hacker explorou nesta quarta-feira (4) uma vulnerabilidade que permitia transferir mais Bitcoins que o realmente disponível em uma conta, o que gerou a perda de 12,3% do saldo da Poloniex. A falha é bem parecida com a da Flexcoin: múltiplas transações simultâneas eram processadas “praticamente ao mesmo tempo” e aprovadas pelo sistema antes de notar que o saldo estava negativo.

Nesse caso, não haverá fechamento: a Poloniex continuará operando e se comprometeu a pagar os usuários. Mas, para evitar que houvesse saques em massa e a empresa ficassem sem dinheiro para pagar todo mundo, o saldo dos usuários foi reduzido temporariamente em 12,3%. O valor deduzido será registrado e pago posteriormente por meio das taxas recebidas dos usuários e de doações, inclusive feitas do bolso do próprio dono da Poloniex.

A perda não foi maior porque a Poloniex descobriu o problema rapidamente após ter notado uma atividade incomum de saques; assim que encontrou a falha, congelou todas as transações imediatamente. A empresa não informou exatamente o valor das perdas, mas um usuário afirma que os 12,3% eram equivalentes a cerca de 50 mil dólares. Bem menos que os quase 500 milhões de dólares perdidos da MtGox, mas ainda assim um valor bem relevante.

Com informações: ReutersThe Guardian.

  • qgustavor

    É a NSA que está fazendo isso, todos nós sabemos disso.
    Nenhum governo está gostando dessas moedas: podem ser uma boa ideia, porém eles gostam é de falar mal delas, mostrar suas falhas. A moeda pode ser segura, podem usar as melhores tecnologias de criptografia existentes, porém quando o assunto é quem vai cuidar das carteiras, e como, o problema é outro. O controle psicológico não é suficiente, ainda é muito descontrolado.
    O Snowden só não pode nos dar muitas provas porque ele saiu de lá antes do Bitcoin ser essa febre.

    • RamonGonz

      faz sentido…

    • Diego Bruno

      E faz sentido mesmo, com esses ataque aos poucos os usuários vão perdendo a confiança em inverti nisso, e consequentemente a moeda perde o valor. O que esses “hackers” vão fazer com uma moeda sem valor e de baixa credibilidade???

  • Samuel Cesar

    Felizmente não. Hoje está valendo 2K reais.