Início » Internet » Gmail agora suporta envio de mensagens a endereços com caracteres não latinos ou acentuados

Gmail agora suporta envio de mensagens a endereços com caracteres não latinos ou acentuados

Por
5 anos atrás

O Google quer tornar o email mais global. Foi com este argumento que a companhia revelou, nesta terça-feira (5), que o Gmail passou a suportar oficialmente endereços compostos por caracteres não latinos ou que possuem letras acentuadas.

Com a novidade, você, usuário do serviço de email do Google, não vai mais encontrar nenhum tipo de limitação ao enviar mensagens a endereços como “武@メール.グーグル” ou “reclamaçã[email protected]”.

Bom, certamente você nunca teve dificuldades para isso por não conhecer ninguém que utilize endereços de email com caracteres como os que estão nos exemplos anteriores, mas esta percepção não invalida a iniciativa: a ideia do Google é fazer com que, em um futuro relativamente próximo, usuários de todo o mundo possam se comunicar com mais frequência usando o alfabeto comum ao seu idioma.

Endereço de email com caracteres não latinos

A própria empresa ressalta que mais da metade da população mundial tem língua materna que não utiliza o alfabeto latino, que é a base do sistema de escrita de idiomas como inglês, espanhol, francês, italiano e português.

Usuários de países como Japão, Coreia do Sul e Rússia se habituaram a utilizar o alfabeto latino para acessar serviços online globais, especialmente aqueles em inglês, mas nem sempre esta é uma tarefa fácil: na China, por exemplo, é comum encontrar domínios formados só por números, como 4399.com e 518.cn, já que, para boa parte da população local, é mais fácil memorizar sequências numéricas do que caracteres latinos.

Em seu comunicado, o Google explica que a iniciativa tem como alicerce um padrão criado pela Internet Engineering Task Force (IETF) em 2012 para permitir que sistemas de email possam suportar adequadamente endereços com caracteres acentuados ou não latinos.

O padrão está lá, pronto para uso, mas precisa ser adotado por cada provedor para ser útil. Para tanto, alguma empresa tem que dar o primeiro passo e é exatamente isso o que o Google está fazendo, de acordo com as palavras da própria empresa.

Esta é apenas a primeira etapa da iniciativa. Para a próxima, o Google promete atualizar o Gmail para também permitir a criação de endereços compostos por caracteres acentuados e não latinos no serviço.

Tem mais: em breve, o Google Calendar também terá suporte a outros tipos de alfabeto.

Mais sobre: , ,