Início » Mobile Negócios » Phil Schiller explica a insistência da Apple em iPhones com 16 GB

Phil Schiller explica a insistência da Apple em iPhones com 16 GB

Por
2 anos e meio atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Uma pergunta não sai da cabeça de muita gente: por que a Apple continua lançando iPhones com 16 GB para armazenamento de dados em vez de deixar o espaço mínimo em 32 GB (ou mais)? Finalmente temos uma resposta, embora não muito convincente.

Ontem à noite (9), o vice-presidente de marketing da Apple Phil Schiller deu uma entrevista ao The Talk Show, podcast (em inglês) mantido por John Gruber. O episódio ainda não foi disponibilizado, mas foi possível acompanhar a conversa porque a gravação foi transmitida ao vivo pela internet.

iphone-6-tras

Um dos assuntos abordados por Gruber foi justamente a questão do espaço para dados. A capacidade mínima de armazenamento do iPhone é mantida em 16 GB há tempos. Todavia, os aplicativos estão ficando maiores. Guardamos cada vez mais músicas nos nossos dispositivos. A crescente qualidade das câmeras tem resultado em fotos e vídeos com mais e mais megabytes. Somando esses a outros fatores, fica difícil justificar 16 GB como espaço mínimo no iPhone para os dias atuais, no entendimento de Gruber.

Schiller discordou. Para o executivo, as pessoas estão utilizando cada vez mais serviços de armazenamento nas nuvens (ele não deixou de mencionar o iCloud), não só para armazenar documentos, como também fotos e vídeos. Logo, usuários que fazem questão de levar as versões mais baratas do iPhone conseguem conviver bem com o espaço menor dessas unidades.

É uma resposta um tanto superficial. De fato, estamos recorrendo cada vez mais ao armazenamento nas nuvens, mas os custos elevados e as franquias limitadas dos planos móveis (problemas que não são exclusividade do Brasil, vale dizer) dificultam o uso mais intenso desses serviços.

Phil Schiller

De todo modo, Schiller deu outro argumento: a economia obtida com o armazenamento de dados permite o aprimoramento de outros recursos – como a câmera – sem aumento expressivo dos custos de fabricação do aparelho. Então, tá.

As baterias dos dispositivos da Apple também foram questionadas. Para Gruber, o iPhone já é fino o suficiente, assim, a Apple poderia manter a espessura e se preocupar mais em aumentar a autonomia.

Schiller discordou novamente. Para ele, a Apple atingiu o equilíbrio ideal entre ambos os aspectos. “Se você quiser um produto com mais espessura e bateria maior, terá algo mais pesado, caro e que levará mais tempo para ser recarregado”, disse.

Caso queira conferir a entrevista completa de Phil Schiller, aguente um pouquinho. O episódio deve ser disponibilizado ainda nesta semana na página do The Talk Show.

Com informações: The Verge

  • jairo

    Atitude arrogante , a opinião do usuário que se dane…

    • Alexandre Norberto

      Essa sempre foi a atitude da Apple. Mas muita gente não liga de servir de capacho em troca de “super aparelhos e produtos” mesmo que eles venham cheios de problemas…

    • abraaocaldas

      Normalmente o usuário não sabe o que quer, se fossem ouvir o que o usuário quer, nunca que o iphone teria existido.

      • João Silverado

        Falou bem! Normalmente! Mas claro se vc está falando daqueles que andam com iphone por aí apenas pra navegar no facebook. Usuários mais exigentes entendem de tecnologia, daí tem q se considerar a opinião desses usuários.

    • Anakin

      mas deixa eu entender, não existe as duas opções? se fosse somente uma opção que eles não estariam levando em consideração as opiniões, ou o usuário quer 32gb com o preço de 16gb? seria isso?

      • Sim, lembrando também que tem opção de 64gb, o usuário comprar o variante conforme suas necessidade/custo

  • Dener

    É impressionante como esse pessoal da apple pode ser arrogante e teimoso! Isso infelizmente se estende pra alguns usuários

  • A questão da memória me parece bem simples: dá para vender o de 64GB para mais gente.

    • Esse claramente é o objetivo.

  • Alberto Prado

    A grande maioria das pessoas carregam o smart quando chega em casa depois do trabalho. Que diferença vai fazê se fica mais tempo na tomada? Se tiver mais bateria, você pode usufruir mais do smart e não ter que fica se vigiando pra tenta chega no final do dia antes dos 10% finais.
    E mais espaço de armazenamento, representa mais cache, o que representa menos consumo de dados e por consequente menos bateria.

  • David

    Sim mas o icloud oferece MÍSEROS 5GB de espaço e se voce quiser mais tem que pagar. o Google Drive o mínimo é 15GB idem ao One drive sendo que esse último oferece até 1TB(!) GRÁTIS se participar de alguma promoção. Eu mesmo tenho 30Gb no meu one drive de graça e deixo meu Lumia 640 configurado para fazer upload de tudo via Wi Fi.

  • Felipe Domingues

    Volta Jobs!!!

    • Leon

      =D

  • Eu prefiro muito mais contar com menus 128GB na mão a qualquer momento e ter bateria o dia inteiro do que depender da boa vontade da minha operadora em disponibilizar uma conexão de qualidade para acessar mesmo dados quando precisar torrando meu plano de dados e bateria.

  • Conversa!
    Tim cook fez isso para aumentar o valor médio de vendas do iPhone e conseguir atingir aumento na soma de vendas do iPhone e não desanimar os acionistas.

  • Henrique Ferreira Lima

    “Se você quiser um produto com mais espessura e bateria maior, terá algo mais pesado, caro e que levará mais tempo para ser recarregado”. Meu Moto Maxx discorda

    • Vitor

      Não podemos dizer que o ponto forte do Moto Maxx é a espessura e peso (não é muito grosso ou muito pesado, mas não chega perto dos outros celulares do mesmo ano com a mesma faixa de preço, por exemplo, o meu Moto X 2014, que é mais barato). E se não fosse essa tecnologia da Qualcomm para carregamento rápido, demoraria várias horas para recarregá-lo.

      • Henrique Ferreira Lima

        Realmente espessura e peso não é o forte do Moto Maxx, mas a função aqui vale mais que design, e é o que prefiro. Suportar quase 200g de peso no bolso não faz diferença pra mim, considerando que vou passar o dia todo com bateria (uso muito o celular, então as 40hs que a Motorola promete não vale aqui). Quanto ao carregamento, eu ainda não fiz o teste pra ver quanto tempo demora com um carregador comum. Tenho o do meu Moto X que quebrou, vou fazer o teste hoje.

      • André De Souza Ribeiro

        Ai é que tá, vc sacrifica 30 gramas e 3 milímetros a mais pra ter um celular que aguenta o dia todo de bateria. E quando eu digo o dia todo, é heavy user. Chegar em casa 19h e ainda te 40% de bateria restante.. os usuários de iPhones piram ^^

  • Islan Oliveira

    Essa desculpa da espessura não cola, acredito que a maioria das pessoas trocaria 6 mm por 8 mm se fosse por uma bateria maior, fora que 8 milímetros não tem como ser considerado grosso.

    • adrielmenezes

      Eu trocaria sem pensar duas vezes.

  • Bruno Valente

    Conversa arrogante, é por isso que cansei da Apple $$$, Steve Jobs chora no céu. Vou de S6 Edge ser feliz.

    • Anakin

      mas o Edge é caro igual fi.

    • Louis

      Como se não tivesse sido o Jobs que que começou com isso. Por sinal, na época dele era apanhar 8gb.

      O povo agora enaltecer o Jobs, só que ao analisar é fácil notar como o Tim Cook não é tão fechado.

  • Bruno Valente

    CAMPANHA: SABOTE A APPLE – COMPRE UM GALAXY S6 E SEJA FELIZ.

    obs: sempre fui apple lover (não fanboy), mas sei reconhecer o que é melhor.

    • adrielmenezes

      Porque acha o s6 melhor?

    • Deixar um telefone limitado por outro cheio de bloatwares?

      Tá maluco fera?

  • Ruan

    Sério? Que os 17 dólares que a Apple paga pela memoria de 32gb iam fazer o produto tao mais caro que os 15 que ela paga por 16gb? Discursinho bem ensaiado mas fajuto

    • Louis

      A memória de 32gb sai muito mais barato que isso para a Apple.

      • Mario Junior

        E pro consumidor sai por algumas centenas de dólares.

  • Louis

    Tudo papo furado.

  • Renato Santos

    Pena que no brasil os planos de internet moveis são horríveis, infelizmente dependemos de um maior espaço de armazenamento em nossos dispositivos.

  • Fabio Alvez

    Só desculpas esfarrapadas!

  • Magnosama

    A grande maioria das pessoas não sabe administrar o espaço de armazenamento com serviços de nuvem. Mais uma atitude arrogante da empresa no tipo “vc não está usando direito”. Lamentável.

  • R0gério

    Como sempre, a Apple mostrando seu enorme “campo de distorção da realidade”. O mais irônico é que eles tiveram recorde de venda de iphone justamente quando se renderam aos pedidos de boa parte dos consumidores: tela maior no modelo básico e mais um phablet.

  • Jayme Prado

    Ele está certo, quantas pessoas não compram sem nem saber o que “esses giga” significam, e acabam só usando facebook, whatsapp e email?

  • Glauber Silva

    e os iPhones 5C de 8Gb ?? rsrs

  • doorspaulo

    Não são problemas, são “features” mal compreendidas.

  • E desde quando a Apple se preocupa com os consumidores do Brasil??

  • Mesmo sem Jobs, a Apple continua a querer ditar as coisas. Por isso que estou bem impressionado com a Microsoft, abrindo a versão beta do Windows em si e colhendo os feedbacks dos seus consumidores afim de trazer o sistema o mais próximo possível do que seus clientes esperam.

    Tem muita gente que fala merda, mas no geral ouvir o consumidor é o melhor a se fazer.

  • Reinaldo

    O que Phil Schiller falou é fácil de entender pelo ponto de vista do consumidor final: lucro.
    A pessoa vai comprar um iPhone. Na loja há iPhones com 16 GB, 64 GB (não existe mais a versão com 32 GB) e com 128 GB. O iPhone com 16 GB suporta poucos arquivos (mais é muito caro). O usuário pensa e acaba por comprar a versão com 64 GB, o que rende mais dinheiro para a companhia.

  • ricardo garcia

    Faria mais sentindo ele falar que existem perfis que não usam 8gb, e para os demais perfis existe o de 64gb.

    O que é chato pois minha operadora só ofereceu o de 16gb e eu fico fazendo malabarismo para me virar, o iCloud ajuda com as fotos, mas com essa memória eu deixo de instalar jogos.

  • Raul Amoretti de Souza

    o preço do giga por ano só cai! Aumentando o lucro! É isso que ele quis dizer! e eles ainda podem ganhar mais vendendo espaço na nuvem ( iCloud ). Concordo com um comentário, chmando ele de arrogante. Fora que no Brasil com a comunicação como esta… soda!