Início » Celular » Meizu Pro 7 tem uma pequena tela secundária na traseira

Meizu Pro 7 tem uma pequena tela secundária na traseira

Paulo Higa Por

A Meizu anunciou dois smartphones com hardware de respeito e eles têm um detalhe peculiar em comum: uma pequena tela AMOLED na parte de trás. Ela pode exibir notificações, controles de música ou mesmo facilitar selfies com a câmera traseira.

A segunda tela do Meizu Pro 7 e Meizu Pro 7 Plus tem 1,9 polegada, resolução de 240×536 pixels e painel sensível ao toque. O visor fica logo abaixo da câmera dupla de 12 megapixels e liga automaticamente quando você deixa o display principal para baixo sobre uma superfície, funcionando como uma espécie de Always On Display, só que mais engenhoso.

O Meizu Pro 7 é um aparelho com tela de 5,5 polegadas (1920×1080 pixels), processador octa-core MediaTek Helio P25, 4 GB de RAM, 64 GB de armazenamento interno e bateria de 3.000 mAh. Também há uma versão com 128 GB de memória e chip mais potente, um deca-core Helio X30. Eles custarão 2.880 e 3.380 yuans (o equivalente a R$ 1.340 e R$ 1.570), respectivamente.

Por sua vez, o Meizu Pro 7 Plus chega com tela de 5,7 polegadas (2560×1440 pixels), Helio X30, 6 GB de RAM, 64 ou 128 GB de armazenamento interno (sem entrada para microSD, assim como o irmão menor) e bateria de 3.500 mAh. Os preços variam entre 3.580 e 4.080 yuans (R$ 1.665 e R$ 1.900 em conversão direta).

A câmera dupla de 12 megapixels (f/2,0) dos aparelhos da Meizu, assim como a do Moto Z2 Force, é composta por um sensor colorido e um monocromático, o que pode melhorar o alcance dinâmico e a nitidez das fotos. Já a câmera frontal é de 16 megapixels (f/2,0) e pode combinar quatro pixels em um para melhorar a sensibilidade em selfies com baixa iluminação.

Outros detalhes incluem um DAC dedicado Cirrus Logic CS43130 (já que a Meizu também é uma fabricante de áudio) que processa o áudio na entrada de 3,5 mm (yay!) e a tecnologia mCharge 4.0 no Pro 7 Plus, que suporta um carregador de 5V e 5A para levar a bateria de 3.500 mAh de zero a 67% em apenas 30 minutos.

Meizu Pro 7 e Pro 7 Plus serão vendidos a partir de 5 de agosto na China (e provavelmente no seu importador mais próximo). Ainda não há previsão de chegada ao Brasil; o Meizu Pro 6 Plus foi lançado por R$ 2.199.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eduardo Lemes
Tá vendo? É disso que eu sempre falo... As vezes a empresa lança alguma coisa meio estranha, mas pra testar mercado e/ou tecnologia... Daí depois melhora e se torna uma coisa boa, bonita... Ou se não serve, vai pro lixo... Inovar é isso...
Renan Araújo
Pois é, quem sabe um dia. Design vai melhorando, funções amadurecendo... Tipo aquele Note Edge esquisitão da Samsung e o S8 belíssimo agora
Renan Araújo
FlymeOS, é o Android meio com cara de iOS que as fabricantes chinesas costumam fazer
daniel
Não vou mentir, eu acho legal segunda tela sim. Podendo tirar selfie com a camera traseira olhando pra essa tela já é bem legal.
Ultron 2.0
Eu achei lindo, se não tivesse a tela seria mais lindo, o nome escrito na vertical na parte inferior ficou muito bom. Teria tranquilamente
Maico Andrade
O que que ele roda? :3
Anthony Toniolli
Pessoal faz de tudo pra arranjar briga hj em dia...
Bruno
apenas quis deixar claro.
Trovalds
E eu disse que era inválido? Eu, hein...
Douglas Baião
Utilidades: encarecer o produto, gastar bateria e quebrar.
Bruno
isso não invalida o que eu disse.
Trovalds
O foco é o mercado Chinês.
Everton Duarte
Ficou bem feio e com essas configurações, a câmera nem é interessante.
Bruno
estão tentando qualquer loucura pra ver se uma pega no gosto popular.