A Semp Toshiba, conhecida pelo clássico slogan “os nossos japoneses são melhores que os japoneses dos outros”, não existe mais. Desde o ano passado, a brasileira Semp firmou parceria com a chinesa TCL — e elas vão lançar smartphones por aqui. Será que dá certo?

O presidente da Semp TCL, Ricardo Freitas, diz à IstoÉ Dinheiro que a empresa vai produzir smartphones em uma nova fábrica em Manaus. Os aparelhos que chegarão ao Brasil não foram revelados, mas serão lançados até o fim de 2018.

Isso é uma resposta ao declínio do mercado de TVs, produto pela qual a Semp Toshiba era mais conhecida. Mas será que há espaço para outra marca de smartphone no Brasil, em uma área bastante dominada por Samsung, Motorola e LG?

Smartphone da TCL lançado na China.

Em março de 2016, a Semp encerrou sua parceria de 40 anos com a Toshiba. A japonesa entrou em reestruturação após um escândalo contábil, e começou a se afastar do mercado de TVs. Sua divisão de televisores não para de dar prejuízo, e está à venda.

A Semp continua licenciando a marca Toshiba para algumas TVs e produtos de áudio, mas tem outra parceira. Em julho de 2016, ela firmou um acordo com a TCL, terceira maior fabricante de televisores no mundo, atrás apenas da Samsung e LG.

A TCL também atua em outros setores. Ela fabrica os smartphones da BlackBerry, detém a marca Palm (apesar de não usá-la) e usa a marca Alcatel. Com o acordo entre Semp e TCL, o destino dos smartphones Alcatel no Brasil — que são produzidos em outra fábrica em Manaus — ainda está incerto.

A Semp fabrica televisores, notebooks e tablets em Manaus; e atua no segmento de eletroportáteis, importando fornos elétricos, cafeteiras, ferros de passar, entre outros. Ela também planeja vender condicionadores de ar, assim como a TCL; segundo a IstoÉ Dinheiro, a decisão ainda não foi tomada.

Com informações: IstoÉ Dinheiro.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Michael Bidin

Só acho burrice se decidirem encerrar operações da Alcatel no Brasil para deixar esse possível fracasso da Semp TCL iniciar. O melhor a se fazer é deixar a Alcatel operante, e que a Semp se encoste nela para caminhar só futuramente.

Michael Grey (?????????)
Só acho burrice se decidirem encerrar operações da Alcatel no Brasil para deixar esse possível fracasso da Semp TCL iniciar. O melhor a se fazer é deixar a Alcatel operante, e que a Semp se encoste nela para caminhar só futuramente.
woah Woah WOAH
Verdade.
Constâncio Henrique
Gosto dos smartphones da Alcatel, já tive dois, para uso básico são ótimos, mas como a marca Semp no Brasil é mais forte pode ser negócio deixar a marca Alcatel de lado e investir na tradição do nome Semp.
Tales Cembraneli Dantas
Eu acho que eles deviam aproveitar o nome Palm e fazer um bom marketing sobre isso, talvez consigam alguma coisa
Baidu feat MC Brinquedo
Fabricado na China, por crianças gordinhas e capitalistas enquanto comiam seus sanduíches com refrigerantes.
LuizF
Baidu feat MC Brinquedo: Aff, prefiro importar um Orro que vem com 500Tb de memória ram e 6546513 Gigas de armazenamento custando apenas R$ 500,00.
angelobio

e com bateria de 78276452 miliamperes

Adriano Angelo
e com bateria de 78276452 miliamperes
O "BURRO" !!!
A Semp já lançou celulares com a marca STI no passado.
woah Woah WOAH
Eu tenho dúvidas que vingue com esse nome. Eu mesmo estranharia de ter um celular 'TCL' (Tá Com Lombriga).
Deilan Nunes
ia morrer sem saber que semp era uma empresa separada da Toshiba...
Luciano
Não era essa marca que vendia TVs de tubos de mais de 40" e enviava um controle remoto bem vagabundo, o mesmo que vinha nas TVs de 14"?
Trovalds
HUAHHAUAHAHAUAHHA!
Cesar Cardoso
A TCL/Alcatel tem fábrica própria no Brasil, com fábrica secundária em Huizhou.
Exibir mais comentários