Início » Curiosidades » Whoppercoin é a criptomoeda do Burger King

Whoppercoin é a criptomoeda do Burger King

Agora até uma rede de fast food tem sua própria bitcoin

Paulo Higa Por

As criptomoedas e a blockchain servem para uma infinidade de coisas, desde as mais óbvias, como fazer transações, até assinar contratos inteligentes ou armazenar arquivos de forma distribuída. Na Rússia, você também poderá… comprar hambúrgueres. Por que não?

O Burger King lançou a Whoppercoin, uma moeda digital baseada na plataforma Waves. O nome é inspirado no sanduíche mais famoso da marca, e o objetivo da criptomoeda é funcionar como um programa de fidelidade para os clientes da rede de fast food.

Funciona assim: a cada rublo (1 RUB é o equivalente a R$ 0,053) gasto no Burger King, você ganha uma Whoppercoin. É possível resgatar um Whopper com 1.700 Whoppercoins (1.700 RUB = R$ 90). Todas as moedas já foram emitidas pelo restaurante, e existem 1 bilhão de Whoppercoins no mercado (a empresa poderá emitir mais moedas no futuro, se necessário).

Claro, assim como nas outras criptomoedas, você não precisa gastar todo o seu dinheiro com um sanduíche gordo no Burger King: é possível fazer transferências para amigos ou mesmo vendê-las para outros compradores por meio dos aplicativos para Android e iOS, que serão lançados em setembro na Rússia.

Além disso, caso a Whoppercoin se valorize no futuro, você pode lucrar com o seu, ahn, err, investimento (sério: o diretor de comunicação externa do Burger King Rússia declara que “comer Whoppers agora é uma estratégia para a prosperidade financeira amanhã”). Acho que dá para afirmar que esta é a criptomoeda mais fácil de ser minerada até agora.

Mais detalhes estão no site da Waves.

Tecnocast 071 - Vale a pena investir em bitcoin?

Não é por acaso que tanta gente vem falando sobre Bitcoin. A criptomoeda já chegou a valorizar mais de 10.000% em apenas um ano e bateu recordes históricos em 2017: um único bitcoin passou a valer mais de dez mil reais. E muita gente acredita que o Bitcoin não apenas continuará essa subida exponencial, como um dia poderá substituir a moeda que nós temos.

Calma! Será que vale a pena investir em bitcoins? O que é minerar? O Bitcoin será a moeda corrente mundial? Como uma blockchain vive, se alimenta e se reproduz? Dá o play que a gente conta tudo!

Mais sobre:

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Deoclécio Oliveira
Muito interessante. Mas muitos ainda não perceberam a revolução que a tecnologia bitcoin e blockchain está trazendo. Uma verdadeira mudança na forma do desenho do mundo financeiro.
Neto
Sem dúvida é muito interessante todo esse desenvolvimento tecnológico, principalmente para nós fãs de tecnologia, mas eu pergunto para os caros amigos, será que teremos segurança digital suficiente para para essa mudança?
Ligeiro
TIM BetaCoin - app exlcusivo no Windows Phone 10 - com sistema de broker exclusivo para conversão Betacoin - Bitcoin - NubankCoin, com o câmbio do dia atrelado a tabela FIPE :p - Ganhe coins extras para cada comentário betachato nos sites participantes.
Joaomanoel
"Virou várzea"
Wellington Gabriel de Borba
Esperando a TIM lançar o Betacoin para os betafãs fazer betachatisses nos comentários.
LekyChan
Bora ficar whoopercoin'onario.
Ligeiro
Comentários futuros de ancaps: "Não, prefiro bitcoin." "Vou trocar whoppercoin por bitcoin" "Pô, tão avacalhando já!" Agora falando sério, como dito pelo Luiz Henrique, é interessante que pegaram o modelo de "pontuação de fidelidade" para unir a uma criptomoeda. Parece interessante: como dizem que o blockchain é um sistema bom para validar transações, programas de fidelidade podem fazer uso disto para redefinir o valor de seus sistemas de pontuação, deixando-os mais confiáveis. Neste caso, a fideo-cripto-moeda seria apenas manipulada diretamente com a gestora de pontuação. Não duvido que daqui a uns dias virá alguém falando que até o jogo do bicho aderiu às criptomoedas. Se hoje o que vemos por aí é "joguinho feito em maquininha"...
Diogo
Esse era o meu maior medo. Agora cada marca vai ser sua própria moeda. Vamos comprar Big Macs com Ronaldcoins, computadores com iCoins, celulares com Googlecoins... etc...
Luiz Henrique
Acho que esse "lançamento" foi meio sensacionalista. Isso parece mais um programa de fidelidade nos moldes do dotz, por exemplo. hehe
Anayran Pinheiro
Rússia querendo ser a próxima nação mais gorda do mundo :V