A Apple sempre foi conhecida por seus preços altos no Brasil, devido a uma combinação de custo Brasil e altas margens de lucro. Um rumor diz que a empresa vai cobrar um valor estratosférico pelo iPhone 8 Plus, mas estamos desconfiados.

Neste domingo (1º), o colunista Lauro Jardim publicou no jornal O Globo que o “iPhone 8 mais barato custará R$ 6,5 mil no Brasil”. O texto esclarece que, na verdade, esse valor se refere ao iPhone 8 Plus de 64 GB.

Os palpites do colunista quanto ao preço de produtos da Apple nem sempre se confirmam. Demos uma olhada nos rumores publicados na coluna Radar On-Line, da Veja, onde ele trabalhou até 2015; e n’O Globo.

Em 2010, o colunista disse que a primeira geração do iPad iria custar “entre R$ 1.800 (Wi-Fi) e R$ 2.900 (Wi-Fi mais 3G)”. Na verdade, o tablet desembarcou no Brasil custando entre R$ 1.649 e R$ 2.599.

Em 2011, uma previsão sobre o iPhone 4S dizia que ele iria custar a partir de R$ 2.100 nas operadoras. Na verdade, o preço começava em R$ 1.899.

Avançando um pouco no tempo, em 2015, tivemos uma informação sobre o iPhone 6s: “o modelo de 16 GB, o mais barato, não custará menos do que R$ 4 mil”. De fato, os preços tabelados da Apple começavam em R$ 3.999. Não encontramos outras previsões do colunista.

O MacMagazine costuma acertar com mais frequência os preços da Apple no Brasil — os valores estavam corretos para o iPhone 7, iPhone 6S e iPhone 6 — e eles também estão desconfiados de que o iPhone 8 Plus vá custar tão caro.

Eles ainda não têm informações concretas sobre os preços oficiais no Brasil, mas têm uma estimativa que parece bem mais plausível:

Levando em conta o histórico da Apple no Brasil, o iPhone 8 Plus deve custar a partir de R$ 4.599; enquanto o iPhone X mais caro, de 256 GB, é que deve sair por R$ 6.499. (Nos EUA, ele será vendido por US$ 1.149.)

Sim, inevitavelmente estes seriam preços salgados. Em se tratando de Apple, a dúvida é sempre se eles vão cobrar caro ou mais caro.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Henrique Seraph
ok. Se tu acha que a maioria prefere por isso que disse, beleza... Eu creio e conheço muita gente que n ta nem aí pra especificação e sim pelo status
brunossn
Cara, já ouviu o termo "cada um tem a fama que merece"? Se a pessoa quer um celular topo de linha, aí uma marca tem fama de explodir, a outra de não receber atualizações, enquanto isso iPhone tá sempre aí, um puta celular, não pega virus, etc... você não considera nem um pouco que as pessoas realmente confiem e GOSTEM do iPhone?
Rodrigo Zika!
Se vier com uma moto eu compro.
Henrique Seraph
Não é de internet. é de convivência mesmo. Qualquer um sabe.
Rafael
Análise é uma coisa. Pesquisa é outra. E comentário de internet não é nem uma coisa nem outra. Então, meu caro, menos, bem menos aí nós seus empirismos que são basicamente achismos.
Luiz Correa
Uso IPhone há alguns anos e não e por questão de status não. Ja fui usuário da linha premium da samsung e tinha que trocar de celular com muito mais frequência, pois após um ano de uso, ficava impossível usar o celular devido a tantos travamentos. Nunca pensei em ter IPhone, mas foi a unica alternativa que encontrei. Hoje tenho um IPhone 6 com quase 2 anos de uso, e mesmo assim o aparelho está impecável e funcionando perfeitamente, e se eu for vender hoje ainda vale uns R$ 1.500,00. Isso sem falar no atendimento da Apple, que sem dúvida nenhuma é muito superior que as outras marcas. Ainda tenho um 4S de 2011, e acredite ou não, ainda funciona e muito melhor que muitos galaxys bem mais modernos.
Henrique Seraph
???
Eduardo Lucas
Smart phone é útil pra quem faz algo da vida, arroz e feijão fica no Arroz e feijão...
Henrique Seraph
mas smartphone é útil. Muito aliás, pra caralho
Eduardo Lucas
Não entendo como você enxerga isso como algo negativo, se para tudo que as pessoas comprassem fosse necessária uma justificativa de utilidade, nos ficaríamos no arroz com feijão pra sempre..
Henrique Seraph
"qual o problema de comprar um celular por status" Aqui vemos um exemplo do que falei.
Eduardo Lucas
Mas qual o problema de usar algo por status... isso é algo inerente à nossa sociedade, queremos o celular mais caro, o carro do ano, o terno de marcas famosas. O surpreendente na minha opinião é fazer um comentário como o seu toda vez que lançam a porcaria de um celular, povinho chato...
Eduardo Lucas
É, realmente é um aparelho para o gosto do usuário, mas seu comentário ao final trata de forma jocosa quem compra aparelhos caros. Quem compra um celular de tal valor tem ampla noção de onde está se metendo, queira ou não, se trata de possuir algo que está em voga, algo que os outros desejam, e no final das contas é isso que importa para quem compra, afinal empresas de aparelhos eletrônicos se tornaram boutiques. Você paga pelo material utilizado na construção, no design, no sistema operacional. Sim, o moto g1 é um celular, ele faz as mesmas coisas que um celular da apple faz, no entanto não fará de forma tão primorosa e etc .
Fertonan
O cara sabe que iPhone gera clique, então ele lança uma noticia falsa e bem chamativa, verdadeiro caça clique, e o pior é que muitos acreditam.
Henrique Seraph
Quase todas as análises são empíricas. Aqui na empresa toda a diretoria usa Iphone por Status. Dos meus amigos, quase todos usam Iphone por mero status, porque "fica bem na fita". 90% das pessoas em redes sociais e etc usam por status também. Qualquer um sabe disso. é raro alguém chegar e "vou comprar um Iphone, porque recebe mais atualização, porque tem isso ou aquilo". Chegam com "vou comprar um Iphone porque é bonito, porque todo mundo quer um" e assim vai.
Exibir mais comentários