Quando podemos dizer que uma tecnologia está “morta”? Para alguns, é quando ela tenta e não consegue atingir uma participação de mercado relevante. Outros são mais radicais: ela só “morre” quando deixa de receber atualizações, ou quando deixa de funcionar.

Há um meio-termo para essa definição: quando a empresa responsável pela tecnologia confirma oficialmente sua morte. Neste final de semana, a Microsoft fez isso com o Windows 10 Mobile.

Foto por Isriya Paireepairit/Flickr

Joe Belfiore, vice-presidente do Windows, tuitou que a Microsoft continuará dando suporte ao Windows 10 Mobile com “correções de bugs e atualizações de segurança”, mas esclarece que “criar novos recursos e hardware não é o foco”.

Um dos problemas no Windows Phone e W10M é a falta de apps. No Twitter, Belfiore diz que a Microsoft tentou dar todo tipo de incentivo para desenvolvedores: “pagamos dinheiro, escrevemos apps para eles, mas o volume de usuários é muito pequeno para a maioria das empresas investir”.

O executivo diz que migrou para o Android “pela diversidade de apps e hardware”, e lembra que a Microsoft dá suporte a outras plataformas. De fato, nos últimos dias, a empresa lançou o navegador Edge para iOS, e um launcher renovado para Android.

Belfiore recomenda aos fãs de smartphones com Windows: “escolha o que é melhor para você”. Mas, é claro, a esperança por um Surface Phone ou algo parecido nunca morre. A Microsoft aparentemente está trabalhando no Windows Core OS, uma base que permitiria acrescentar módulos ao Windows 10 para adaptá-lo a qualquer tipo de hardware, incluindo PCs, consoles e… smartphones. Lá vamos nós de novo.

Com informações: Windows Central.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Celso
Mas não foi ele quem morreu ainda. É o pessoal que está tentando matar ele antes da hora. Morte mesmo é só em 2019.
Celso
E a culpa você acha que é de quem?
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

O Windows Team infelizmente se tornou uma espécie de igreja, que tenta manter os leitores fiéis como se o Windows fosse um Caminho Óctuplo ou uma Via Crucis, e o Nadella ora é o papa, ora é o Satanás, dependendo da decisão polêmica que ele toma.
O Windows não é mais necessário mesmos, mas qual sistema de fato é? Me parece que caminhamos num médio prazo para um mundo regido por assistente virtuais inteligentes; Cortana, Siri, Alexa, Google Assistant, Bixby, Alice (do Yandex), e outras, comandaram as grandes nuvens das mais diversas formas. Ou seja, o sistema operacional não importará muito, desde que ele permita acessar essas inteligências.

Jack Silsan
O Windows Team infelizmente se tornou uma espécie de igreja, que tenta manter os leitores fiéis como se o Windows fosse um Caminho Óctuplo ou uma Via Crucis, e o Nadella ora é o papa, ora é o Satanás, dependendo da decisão polêmica que ele toma. O Windows não é mais necessário mesmos, mas qual sistema de fato é? Me parece que caminhamos num médio prazo para um mundo regido por assistente virtuais inteligentes; Cortana, Siri, Alexa, Google Assistant, Bixby, Alice (do Yandex), e outras, comandaram as grandes nuvens das mais diversas formas. Ou seja, o sistema operacional não importará muito, desde que ele permita acessar essas inteligências.
Tales
hahahahaha!
Marcio Vianna
Bom dia. Nossa que mudança de ares ocorreu no Windows Team, não? O André deve ter adquirido o site, ou parte dele, e lá está proliferando tanta idiotice que passou a ser um espaço com certo descrédito. Quanto ao tema, Windows? O Windows chegou ao fim. Windows, e não apenas em versão Mobile, mas o Windows chegou ao fim, visão realista do Nadella. Dizer que Windows Core OS é o Windows será o mesmo que dizer que o OS X era Mac OS. O nome já esclarece: O Windows Core OS será um Core baseado no .Net Core, um framework composto em plataforma cruzada, uma versão *nix. Teremos um sistema *nix e uma nova interface que copia o Deepin Linux. Mark e sua visão para o Ubuntu à vista. Nadella está tirando o Windows do isolamento tecnológico e o integrando à nova realidade: uma andorinha não faz verão. Assim, os aplicativos feitos para iOS serão herdados, uma vez que a Apple possui o único sistema de grande adoção a ter certificação POSIX, a mesma base estrutural que sustenta o Android. Mas o bufão terá a audácia ainda de alegar que será uma versão Windows. Enfim.
MynahBird®™
Eu já tive a oportunidade de manusear um WP. Ele era fluido, era bacana. Mas o que realmente importa é ter apps. O mundo gira em torno disso: apps, serviços etc. A M$ perdeu a oportunidade quando teve. Não adianta ter muito $. A plataforma já está estigmatizada. Ninguém mais vai querer investir $ no Windows mobile.
Keaton
Ela disse que comprou na loja da operadora (Oi ou Claro, não lembro).
Sid M.S.
Teve incompetência comercial, concordo. Mas, windows phone não é ruim, não... Acho que se alguma fabricante ainda tem bala na agulha (principalmente financeiro) para continuar arriscando, essa é a M$.
MynahBird®™
Eu sei. Mas se alguém vai conseguir revolucionar alguma coisa, não será a M$, pois essa já conseguiu provar sua incompetência nessa área. Mais de uma vez.
Caleb Enyawbruce
Me avisem que eu falhei na percepção da ironia, por favor!! Não é possível...
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

Deu até uma vontade de ir lá no Windows Team ver que mentiras o charlatão André Buzz deve ter escrevido nos comentários pra iludir seus discípulos em sua busca louca pelo Momento Certo™ 😂

Jack Silsan
Deu até uma vontade de ir lá no Windows Team ver que mentiras o charlatão André Buzz deve ter escrevido nos comentários pra iludir seus discípulos em sua busca louca pelo Momento Certo™ ?
Johnny Pacanhela
Eu usei e defendi por muito tempo o WP, um sistema leve, simples e bonito, gostava de seus phones. mas os apps realmente ficaram complicados nao tem como competir com o android e suas funçoes mas um pena =/
João Silverado
A MS ñ está um caos, fatura mto bem e é uma das tops do mundo. Mas o setor mobile sim foi abandonado na época do Windows Mobile 6. Não inovou, ñ fez nada e deixou todas as outras seguir em frente. Qdo volta pra correr atrás do prejuízo, pode ser tarde demais. Isso acontece com jogos q fica mto tempo sem lançar um novo tbm. Chega uma franquia nova concorrente, cresce e depois a q ficou parada no tempo se ferra.
Exibir mais comentários