Os aplicativos de trânsito são uma mão na roda para a maioria dos motoristas. Afinal, nada como economizar alguns minutos em um trajeto ao utilizar vias alternativas. No entanto, algumas dessas rotas podem causar acidentes.

Em Los Angeles, por exemplo, uma das ladeiras mais inclinadas dos Estados Unidos tem registrado um aumento no número de colisões causadas por motoristas que não são da região. De acordo com moradores da Baker Street, uma rua com 32% de inclinação, são comuns os acidentes que acontecem após os veículos morrerem no meio da subida.

A situação é ainda pior em dias de chuva, já que o asfalto fica bastante escorregadio. Os moradores alegam que a culpa é do Waze, que recomenda o trajeto sem indicar que se trata de uma via bastante íngreme. Eles querem que a rua deixe de aparecer como uma alternativa de rota dentro do aplicativo ou que pelo menos tenha um alerta apontando para os riscos.

O Waze foi acionado pela vizinhança, mas afirmou que não poderá fazer nada a respeito, já que para atender o pedido seria necessário mudar seu algoritmo de “uma forma estranha”. Ao Gizmodo, Julie Mossler, porta-voz do Waze, disse que o aplicativo é o melhor local para indicar situações que podem ser arriscadas.

No entanto, ela negou a existência de um problema. “Atendemos várias ruas de São Francisco com uma inclinação similar à da Baxter Street sem reclamações”, disse Mossler. Ela também afirmou que, por esse motivo, não é possível antecipar a reação dos motoristas em relação a uma determinada rua.

O Waze lembrou que ajuda os motoristas ao informar buracos e inundações, e transferiu a responsabilidade para as autoridades locais. No entendimento do aplicativo, se a cidade definiu a ladeira como uma via pública, ela deve ser incluída normalmente nas sugestões de rota.

Com informações: Los Angeles Times.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

danimaiochi

danimaiochi
Eliézer José Lonczynski

Pra mim n mobile exibiu só uns poucos.

rein64

Este site bloqueia comentários que julgue ser contra seus ideais. Que vergonha, censura disfarçada, não valem nada.
mimimimimimimimimimimi do autor desta matéria, tá faltando inteligencia e assunto.

Anderson

Acabei de imaginar esse povo dirigindo pelas ruas de Salvador, que loucura ia ser. rsrsrsrs

rein64

Resumindo matéria inútil e comentários inúteis:
mimimimimimimimimimimi

@Sckillfer

As empresas tão se esforçando pra que algoritmo seja a palavra mais
rançosa do ano, é tipo a virose dos sistemas digitais: ah... É o
algoritmo.

@Sckillfer

"Mudar seu algoritmo de 'uma forma estranha'", também conhecido como melhorar o algoritmo.

"Porta-voz do Waze, disse que o aplicativo é o melhor local para indicar situações que podem ser arriscadas."
E essa informação vai ficar lá como fixa? Não né? Waze era inovador quando surgiu, mas se recusam a melhorar: faça uma rota estranha para economizar 10 seg; entre na favela que tu não conhece e tome tiro; suba ladeiras que poderiam ser substituídas por escadas...

Genumano

Ninguém conhece a avenida Mato Grosso do Sul no setor Perim de Goiânia. Aliás, o setor inteiro é assim.

Alexandre Roberto

imagina essa galera se virando como a 20 anos atras com oguia de ruas sp da 4 rodas?
se bobear a galera hj nao consegue usar obindice nem p encontrar o nome da rua, quanto mais localizar a indicacao dep pagina e quadrante dos mapas

Alexandre Roberto

tive um corsa efi 1.0 95....voltando com o carro cheio em uma noite chuvosa de 98 do show do maiden e do helloween, so consegui encarar uma ladeira desligando farois, desembacador e ventilacao do carro, alem daquela queimada monstro de embreagem

Corvo

O povinho fresco, PQP!!

dflopes

eles são meio amortecidos diante de tanta organização.

Quando se faz um trabalho de campo com um americano, canadense ou europeu, eles tem diversos procedimentos operacionais que são obrigados a seguir: pegue as ferramentas (3 parafusos, porcas e arruelas de pressão +chave de boca), separe os equipamentos, aplique "y" Nm de torque aferidos em torquimetro.

Se tem alguma coisa fora do manual, eles ficam perdidos. Aí entre nosso jeitinho, já que nós somos facilmente adaptáveis, mas totalmente desorganizados (traz um parafuso que esqueci, e uma chave que peguei a errada. kkkk)
Se um brasileiro consegue trabalhar com a metodologia e organização americana, somado ao nosso "jeito adaptativo", viramos reis...

dflopes

Já sabia que americanos não sabem usar câmbio manual,
agora não sabem dirigir em aclives.
:-P

Rmavalli

Americanos nem sabem o que é um carro manual e ficam com frescura, tudo bração mesmo.

Exibir mais comentários