Início » Ciência » Cientistas dizem ter encontrado água líquida em Marte

Cientistas dizem ter encontrado água líquida em Marte

André Fogaça Por

Depois de tanto tempo com resquícios do que poderia ser água, finalmente os cientistas europeus afirmam que há água líquida em Marte. A área onde está reservada a água tem 20 quilômetros de diâmetro e está logo abaixo da calota de gelo no polo sul do planeta vermelho.

Esta afirmação é baseada em análise de dados que foram coletados entre o final de maio de 2012 e dezembro de 2015. As informações são de uma missão orbital chamada de Mars Express, que emitiu ondas de rádio em uma área do polo sul de Marte que tem 200 quilômetros de extensão.

Água, marcada em azul (direita), está no polo sul de Marte. (imagem: divulgação/Mars Express)

As ondas refletidas foram analisadas e em uma área de 20 quilômetros, o reflexo foi maior do que o refletido pela área próxima. A maior quantidade de ondas que voltaram é sinal de permissividade dielétrica da região, comum em água líquida e não tão forte em gelo ou outros materiais. A razão para a água não estar congelada pode estar ligada com a pressão atmosférica do local e a presença de uma salmoura no líquido.

Cientistas na Agência Espacial Europeia estão animados e afirmam sem receio de que não há outra possibilidade para a mudança no reflexo das ondas, que não água. A presença de água logo abaixo de calotas de gelo pode dar a entender que há mais água espalhada por outras regiões, abaixo da superfície.

Ainda não há afirmação concreta sobre possível vida ainda existindo na região, por mais fria que seja a salmoura. Porém, como acontece em regiões geladas da Terra, como na Groenlândia, bactérias sobrevivem nestes locais. É só uma questão de sorte (ou azar) encontrar os primeiros marcianos vivos - e espero que o Marvin não esteja por lá.

Com informações: Gizmodo.

Mais sobre:

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago dos Santos Nunes

Qual outra espécie mais "bem sucedida"?

Ramon

Ser humano espécie mais fracassada que existe, ao invés de cuidar daqui lugar q a natureza dá tudo de mão beijada, prefere outro lugar sem condições básicas de sobrevivência

Alexandre D'or

1,5 km abaixo da superfície.

Renan Alves

daqui a uns 500 anos é capaz de já estarmos com civilizações em marte, é algo espetacular e ao mesmo tempo angustiante, pois dificilmente estaremos aqui pra ver, do mesmo modo que pessoas que viveram em 1800 deveriam pensar como seria o mundo em 2018... e como sera o mundo em 3018??

Ricardo - Vaz Lobo

Sou entusiasta da exploração de Marte, mas só vou acreditar nessa água quando algum robozinho for lá fazer uma selfie.

 david

MARTE

Ramon

Fico mega feliz com qualquer notícia a respeito de novas descobertas, aqui ou fora da terra. Pena que não vou viver pra ver nem 0,1% de tudo oq vão encontrar ainda