Início » Aplicativos e Software » Sem alarde, Nubank aumenta valor mínimo de depósito por boleto na NuConta

Sem alarde, Nubank aumenta valor mínimo de depósito por boleto na NuConta

A emissão de boletos para depósito, limitada a 15 por mês, é usada por quem quer evitar taxa de TED de outros bancos

Por
1 ano atrás

Sem alarde, o Nubank aumentou o valor mínimo para depósito por boleto na NuConta. Antes, os clientes poderiam emitir um boleto de R$ 3 para transferir dinheiro para a conta de pagamentos e evitar taxa de TED; agora, o valor mínimo é de R$ 20. Para pagar uma parte da fatura do cartão, porém, a quantia mínima para gerar um boleto continua sendo de R$ 3.

Tecnoblog também apurou que cada usuário só pode emitir 15 boletos por mês, cujo limite é compartilhado entre o Nubank e NuConta. O usuário só é notificado quando tenta emitir o 16º boleto. Questionado, o Nubank afirmou que aplica a restrição “apenas para monitorar a maneira como as pessoas estão usando os serviços, inclusive para prevenção de fraudes e lavagem de dinheiro”.

Sobre o aumento do valor mínimo, o Nubank disse ao Tecnoblog que, apesar de não repassar ao cliente, qualquer emissão de boleto gera custos, mesmo quando ele não é pago. “Para conseguir viabilizar o modelo onde buscamos oferecer o melhor serviço e de maneira sustentável para o nosso negócio, aumentamos o valor mínimo de depósito na NuConta para R$ 20”, confirma a empresa.

Questionado sobre a comunicação com os clientes sobre o aumento do limite, o Nubank afirma que não notificou no aplicativo, “mas está disponível de maneira bem clara qual é o mínimo”. A informação só é mostrada quando o usuário entra na tela de fazer o depósito, ao tocar em Depositar > Depositar por boleto.

No começo, a NuConta só aceitava depósito por TED, mas os bancos chegam a cobrar até R$ 143,25 por cada transferência. Então, a empresa liberou a opção de fazer depósito na NuConta por boleto para o cliente evitar taxas como essa.

A NuConta não exige o cartão Nubank para funcionar, não tem tarifa e todo o saldo do cliente é aplicado em títulos públicos que têm rentabilidade muito próxima à taxa básica de juros, a Selic. Os investimentos não são feitos em seu CPF e não são cobertos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC),  mas há proteção do Banco Central.

Ainda assim, a NuConta ainda continua bem limitada. Ela não oferece cartão de débito, não faz saques em caixas eletrônicos e agenda transferências ou pagamentos, recursos que para muitos são essenciais. Recentemente, o Nubank liberou portabilidade de salário na NuConta para incentivar mais usuários a adotá-la.

Mais sobre: ,