Início » Telecomunicações » Wi-Fi 6 é a próxima geração de redes wireless que chega em 2019

Wi-Fi 6 é a próxima geração de redes wireless que chega em 2019

Tecnicamente é o mesmo Wi-Fi 802.11ax, mas a Wi-Fi Alliance está tentando simplificar as coisas

Paulo Higa Por

A Wi-Fi Alliance, organização responsável por definir os padrões de Wi-Fi, anunciou nesta quarta-feira (3) a próxima geração de redes sem fio, o Wi-Fi 6. Mas calma: não se trata de uma tecnologia ainda não revelada; é apenas uma simplificação de nome do 802.11ax, que deverá chegar ao mercado em 2019.

Wi-Fi (Foto: Pexels)

Pelo que parece, a Wi-Fi Alliance está tentando simplificar as coisas. Em vez de manter os nomes técnicos 802.11a/b/g/n/ac/ax, que nem todo mundo entende, a organização decidiu adotar uma nomenclatura sequencial, que indica a geração do padrão. As versões anteriores do Wi-Fi também foram oficialmente renomeadas, então não estranhe se encontrar estes nomes nas caixas dos novos roteadores:

  • Wi-Fi 4: 802.11n
  • Wi-Fi 5: 802.11ac
  • Wi-Fi 6: 802.11ax

Segundo a Wi-Fi Alliance, o novo padrão de nomenclatura “ajuda a indústria e os usuários a entenderem mais facilmente a geração de Wi-Fi suportada por seu dispositivo ou conexão”. A entidade trabalha com fabricantes de dispositivos e sistemas operacionais para que elas incorporem a nova terminologia nas interfaces de usuário.

O 802.11ax, digo, Wi-Fi 6, tem capacidade teórica máxima de 14 gigabits por segundo. Ele pode operar tanto nas frequências de 2,4 GHz quanto 5 GHz (diferente do Wi-Fi 5, que só funciona em 5 GHz) e pode dividir cada canal em centenas de subcanais com frequências levemente diferentes, aumentando a velocidade de transmissão e permitindo que o roteador se conecte a mais dispositivos simultaneamente.

A expectativa é que os primeiros equipamentos com Wi-Fi 6 sejam certificados em 2019. Mas, claro, o padrão só deve se tornar popular mais para frente: vai demorar vários meses até que os produtos certificados cheguem ao mercado, e você precisará comprar não apenas um roteador novo, mas também um smartphone ou notebook compatível para aproveitar as vantagens do novo padrão.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Júnior Carvalho

1500 não, meu Redmi Note 5 custou cerca de 1.000 reais e tem o 802.11ac funcionando perfeitamente.
Agora nos "nacionais" sim.

Ronald M.´.

Você também testou simulando ambientes com 50 roteadores por perto?
Roteadores de alta performance com certeza conseguirão lidar com isso melhor...

Rafael Moreira

Eu recebo fácil 120mb sim no 5ghz. Meu roteador é o TP-Link C9. O Mac esta com link 450mbps na rede N.

Dann Eliézer

"o meu Macbook só suporta rede N 450mbps" = 2.4GHz
"após duas paredes recebo 120mb facil nos 5GHz" = ?

Frederico Martins

Ou se for Apple. Rsrs Onde tudo é soldado.

Cristina Nascimento

Mto obrigada, vc me ajudou mto. Qndo for preciso, irei providenciar a troca da placa wireless. Mto obrigada mesmo ;-)

Mateus B. Cassiano

Até onde sei isso pode ser feito em qualquer notebook. Em modelos muito antigos é um pouco mais trabalhoso porque eles costumam ter apenas slots mini PCI Express, hoje em dia as placas wireless com essas tecnologias mais recentes (como o WiFi 5) são lançadas apenas no formato M.2, o que exige o uso de um adaptador M.2 => mini PCI Express e em alguns casos a troca das antenas (por causa do conector diferente), mas ainda assim a troca é possível.

Se o seu notebook já utiliza slots M.2 (pelo ano eu acredito que sim), basta comprar uma nova placa wireless e realizar a troca. Um modelo de placa que costuma ser encontrado com facilidade hoje em dia e que oferece praticamente todos os recursos mais recentes (exceto pelo WiFi 6, que só deve aparecer no mercado ano que vem) é a Intel 9260NGW, ela suporta WiFi 5 Wave 2, MU-MIMO e Bluetooth 5.0...

Cristina Nascimento

Isso pode ser feito em quase todos os notebooks, inclusive importados? O meu é um Toshiba Satellite, de 2015.

Mateus B. Cassiano

Só trocar a placa wireless do seu notebook por uma que suporte o padrão novo (quando for lançada) e pronto. A menos que o seu notebook seja Lenovo, porque eles ainda insistem em uma lista branca determinando quais placas podem ser utilizadas (mas nada que uma BIOS modificada não resolva)...

Cristina Nascimento

"e você precisará comprar não apenas um roteador novo, mas também um smartphone ou notebook compatível para aproveitar as vantagens do novo padrão."
Comprei um note top pra não mudar tão cedo aí eles vem com essa bomba. Tão pensando q meu dinheiro dá em árvore?

@Sckillfer

Assim como a e b também são da mesma geração, mas com propósitos diferentes. O que quero dizer é que só trocar alguns por números e deixar o resto de fora não é exatamente simplificar

Rafael Moreira

Concordo com você mais muitas vezes na pratica não funciona. Aonde vejo a operadora instalar um modem dual band, é quando o cliente pede link de 240mb. Neste caso o técnico instala na casa do cliente um roteador AC. E estando ao lado do roteador recebe os 240mb conectando no Wi-Fi 5Ghz. A taxa de transmissão desses modem é 867Mbps nessa rede AC.

Higo

Acho um erro, pois a partir do momento que a sua operadora fornece um plano de "120 Mbps com Wi-Fi grátis", ela precisa garantir que a velocidade atingida seja de 120 Mbps no Wi-Fi ainda q seja ao lado do roteador. O fato de ser grátis não implica necessariamente em uma qualidade tão baixa de forma que o contratado não seja atingido em todos os cenários oferecidos.

Rafael Moreira

Celular então nem se fala. Só aparelhos partindo de 1.500 que tem suporte ao AC. Notebook só a linha mais cara. Agora vale lembrar que se o roteador for bom, recebe tranquilo 100mb ou mais de internet na rede N. Por exemplo, o meu Macbook só suporta rede N 450mbps, após duas paredes recebo 120mb facil nos 5ghz sem se preocupar com a falta de suporte da rede AC. Para isso investir em um bom roteador Tp-Link Archer C9.

Rafael Moreira

Tenho um Archer C9 é não tenho nada do que reclamar. Funciona bem em todos os cantos rede 5ghz atravessando 3 paredes, recebendo link total da internet contratada, e não precisei de gastar rios de dinheiro em um Asus custando acima de 1mil. Se for pra investir um valor desse, prefiro partir logo para um UAP-AC-LR da Ubiquiti. Com essa grana da para comprar dois UAP-AC-LITE.

Exibir mais comentários