Início » Demais assuntos » Enquete: qual o melhor uso para o Spyder III, laser mais perigoso do mundo?

Enquete: qual o melhor uso para o Spyder III, laser mais perigoso do mundo?

Por
9 anos atrás

Na semana passada a Wicked Lasers anunciou a criação do laser comercial mais destrutivo da face da Terra. Ele queima praticamente tudo que vê pela frente, pode cegar pessoas e para adquiri-lo é preciso passar por uma burocracia digna da aquisição de uma espingarda. Ah, e a espingarda é provavelmente mais fraca do que esse laser e mais cara também, já que o Spyder III custa pouco mais de 400 reais, sem impostos.

Os leitores do Tecnoblog, espertos que só eles, não demoraram para mandar suas ideias de como utilizariam tal arma de destruição em massa no seu dia-a-dia ou no dia-a-dia de uma pessoa qualquer. Dentre as hipóteses (rapidamente compiladas pelo leitor Luciano Vieira), estavam algumas interessantes:

  1. Cortar manteiga e descongelar de carnes;
  2. Modelar peças de arte;
  3. Fazer inscrições em gadgets;
  4. Proteger muros de casas e edifícios;
  5. Usar o laser para lutar como se fossem sabres de luz.

E essas são as cinco alternativas para a enquete da semana, votem na opção que você achar mais conveniente ali na barra lateral. Não é a mais útil das enquetes a se fazer, mas vai servir para descobrir para qual lado a audiência do TB tende a ir em se tratando de lasers: uso culinário e seguro ou decepar membros? Dependendo do resultado, que será divulgado na semana que vem, uma nova sessão será inaugurada no site: o Tecnoblog Cozinha ou Tecnoblog Bélico. Ok, essa última parte é mentira.

Resultados da última enquete

Na última enquete colocamos em discussão o sistema operacional que irá dominar o crescente mercado de tablets. O resultado você confere abaixo:

Em tempo de tablets, qual sistema vai se dar melhor?

Sugira o tema da nossa próxima enquete: [email protected]

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.