Início » Celular » Huawei Mate 30 tinha gambiarra para instalar Google Play, mas não mais

Huawei Mate 30 tinha gambiarra para instalar Google Play, mas não mais

Google removeu o aparelho da lista do SafetyNet, que é exigência para rodar seus apps

Por
02/10/2019 às 14h02

O Huawei Mate 30 (e Mate 30 Pro) nasceu com um problema que é a falta de aplicativos do Google no aparelho. Uma solução em forma de app apareceu com o nome de LZ Play, mas polêmicas também chegaram junto e agora o Google removeu o aparelho da lista do SafetyNet, o que significa que se antes já era ruim, agora está pior.

Huawei Mate 30 Pro

Não há dúvidas sobre as capacidades dos mais recentes lançamentos da marca chinesa, seja pelo empenho em boas fotos com o Mate 30 ou pelo desempenho de sobra. O problema é que ele foi o primeiro grande alvo internacional que foi alvejado pela guerra comercial entre Estados Unidos e China, saindo de seu país sem nenhum aplicativo do Google e nem mesmo a Play Store.

Uma solução em forma de gambiarra nasceu com o aplicativo LZ Play, que servia de ponte para trazer a Play Store para o produto, e com ela todo mundo de apps que você utiliza neste exato momento. Alguns rumores dizem que a Huawei criou ou ajudou a criar o app, já que APIs da marca estão dentro dele.

O Google percebeu o problema e removeu os Mate 30 da lista do SafetyNet, que é o responsável por avisar se um aparelho é seguro ou não – ele até mesmo pode saber se o Android foi adulterado de alguma forma. Sem este aval, o gigante das buscas bloqueia o acesso do gadget aos seus produtos, como é o caso da loja Play Store.

O curioso é que até semana passada, os Mate 30 estavam na lista de compatibilidade do serviço.

Seja como for, o LZ Play é um aplicativo que exige acesso de administrador e sua fonte é misteriosa, isso abre o Mate 30 para alguém que você não faz a menor ideia quem seja e nem o que fará com acesso privilegiado ao sistema.

Com informações: Engadget, AndroidCentral e Android Police.