Início » Antivírus e Segurança » O que é vírus? [e a diferença para malware]

O que é vírus? [e a diferença para malware]

Descubra o que é um vírus de computador, um programa malicioso que é um dentre os vários existentes de malware

Ronaldo Gogoni Por
16/10/2019 às 09h05

Quando alguém pergunta "o que é vírus de computador?", muita gente costuma relaciona-lo com um malware, algo que está mais ou menos correto. O termo, que é bem antigo foi por muito tempo usado para identificar a totalidade das pragas de computador. Mas, hoje, descreve um tipo de programa malicioso mais específico.

Elchinator / vírus de computador / Pixabay / o que é vírus

O que é vírus de computador?

Um vírus de computador é um programa ou código malicioso compartilhado pela internet ou por mídias digitais (como pendrives, CDs e, antigamente, até mesmo por disquetes e fitas cassete) ou inseridos no código de programas legítimos que precisam de certos "gatilhos" para serem acionados. Eles não podem entrar em ação por si próprios e dependem de um comando do usuário ou de uma combinação de fatores como uma data específica e a inicialização do computador para entrar em ação.

O termo "vírus" é o mais antigo usado em Tecnologia da Informação para identificar pragas digitais, criadas tanto para causar danos ao computador do usuário ou a um grande sistema integrado de empresas e instituições ou também para roubar dados de indivíduos e corporações. No entanto, com a evolução do setor, o termo foi se tornando menos preciso, sendo em parte substituído pelo melhor e mais abrangente: malware.

Vírus detectado

Qual a diferença entre vírus e malware?

Um vírus de computador nada mais é do que um dentre os vários tipos de malware, cujo termo é uma abreviação de malicious software, ou programa malicioso em inglês.

Existem hoje diversos tipos de malware, desde os ransomware, que "trancam" o computador infectado e exigem resgate, os keyloggers, que conseguem capturar o que o usuário digita (como senhas ou números e códigos CVV de cartões de crédito) e tamb[em os específicos para "escravizar" terminais e criar uma rede de dispositivos zumbis (especialmente os de IoT) para ataques DDoS, as chamadas botnets.

Atualmente, o termo "vírus" é usado para identificar os malware que dependem de uma ação do usuário, como um comando específico ou do computador ser reinciado, ou mesmo de uma data pré-determinada para agir. No geral, os vírus são pragas criadas para destruir dados ou danificar dispositivos sem chance de recuperação. Algo que, com o tempo, os hackers perceberam que não era algo tão lucrativo.

E qual a diferença de vírus e malware? É importante entender que todo vírus de computador é um malware, mas nem todo malware é um vírus.

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.