Início » Cultura » Netflix adia Stranger Things e outras séries devido ao coronavírus

Netflix adia Stranger Things e outras séries devido ao coronavírus

Para conter a COVID-19, emissoras de TV e serviços de streaming estão suspendendo suas filmagens

Victor Hugo Silva Por

A pandemia de coronavírus também está afetando trabalhos de emissoras de TV e serviços de straming. A Netflix e o Apple TV+, por exemplo, decidiram interromper temporariamente a produção de séries como Stranger Things e The Morning Show.

Stranger Things (Foto: Divulgação/Netflix)

Segundo o Hollywood Reporter, a Netflix suspendeu as filmagens nos Estados Unidos e no Canadá por duas semanas a partir desta segunda-feira (16). A ação foi tomada para cumprir as restrições impostas pelos governos dos dois países na tentativa de conter a COVID-19, doença causada pelo coronavírus.

Foram afetadas as novas temporadas de Stranger Things, Grace and Frankie, Lucifer e Boneca Russa. A medida também interfere nas filmagens de Sex/Life, uma nova série da plataforma, e do filme The Prom. Os casos de produções de fora dos EUA e do Canadá estão sendo analisados individualmente.

O Apple TV+ também paralisou as gravações das novas temporadas de The Morning Show, See, Servant e For All Mankind por conta do novo coronavírus. A decisão afeta ainda filmagens das temporadas de estreia de Foundation e Lisey's Story.

Já o Disney+ interrompeu temporariamente a produção de séries do universo Marvel: Falcão e Soldado Invernal, WandaVision e Loki. O Hulu, por sua vez, suspendeu filmagens da quarta temporada de The Handmaid's Tale.

As emissoras de TV também tomaram decisões para conter coronavírus. A CBS paralisou as filmgens de séries como Young Sheldon e NCIS, e a CW fez o mesmo com Supergirl, Riverdale e a última temporada de Supernatural. Séries como Euphoria (HBO), Fear the Walking Dead (AMC) e Grey's Anatomy (ABC) também foram interrompidas por algumas semanas.

Com informações: Deadline (2).

Comentários da Comunidade

1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Participe da discussão