Início » Gadgets » Positivo lança lâmpada spot e tomada de 16 A controladas por Wi-Fi

Positivo lança lâmpada spot e tomada de 16 A controladas por Wi-Fi

Smart Lâmpada Spot Wi-Fi e Smart Plug Max Wi-Fi são os novos produtos da Positivo Casa Inteligente

Paulo Higa Por

A Positivo lançou nesta quinta-feira (23) dois novos produtos da linha Casa Inteligente, controláveis pelo Google Assistente e Alexa. O primeiro é uma lâmpada spot colorida para emitir luzes mais direcionadas, que podem ser utilizadas em decorações. Além disso, a empresa trouxe uma versão mais potente de sua tomada inteligente, com 16 ampères, compatível com eletrônicos que consomem mais energia.

Positivo Smart Lâmpada e Smart Plug - Review

A Smart Lâmpada Spot Wi-Fi, como o nome sugere, é uma lâmpada spot: ela emite luz mais direcionada em comparação com o modelo tradicional, podendo ser útil para iluminação e decoração em salas de estar, por exemplo. Você pode instalá-la em redes de 110 ou 220 volts e, assim como outras lâmpadas do gênero, o soquete é o padrão GU10.

Positivo Smart Lâmpada Spot

Como de costume, você pode controlar a intensidade da luz pelo aplicativo da Positivo ou por um smart speaker com Google Assistente ou Alexa. A lâmpada spot suporta 16 milhões de cores, sendo que o branco é quente (3000 K), mais adequado para ambientes relaxantes (e não para trabalhar). A potência é de 4,5 watts e o fluxo luminoso é de 350 lúmen, consideravelmente menor que os 800 lm da Smart Lâmpada Wi-Fi.

Tomada Wi-Fi da Positivo agora tem versão de 16 A

E finalmente temos uma tomada Wi-Fi com maior capacidade de corrente. A Positivo revelou com exclusividade ao Tecnoblog o Smart Plug Max Wi-Fi, que suporta 16 ampères, contra 10 do modelo que a empresa lançou em 2019. Na prática, isso significa que o acessório suporta pinos de 4,8 mm, aqueles mais grossos, presentes em ferros de passar roupa, geladeira, máquina de lavar, cafeteiras de cápsulas ou aquecedores.

Positivo Smart Plug Max

A versão de 16 A da tomada conectada da Positivo oferece potência de até 1.600 watts (em 110 ou 220 V) e tem um formato semelhante ao da versão de 10 A, com pinos de 4 mm, que é indicada para dispositivos de menor consumo, como ventiladores, luminárias ou torradeiras. Nos dois modelos, é possível monitorar o consumo de energia e programar um eletrônico para ligar em determinado horário ou desligá-lo remotamente.

Mas por que a corrente máxima é de 16 A, não 20 A, o limite permitido pela norma brasileira?

Em resposta ao Tecnoblog, a Positivo explica: “Em vários países da Europa e Estados Unidos a corrente máxima das tomadas é de 16 A, evitando assim que seja necessária uma tomada especial para equipamentos com mais que 16 A de demanda, já que estes são raros. (…) Esta padronização no resto do mundo em torno do limite de 16 A, junto com uma pesquisa realizada com os possíveis equipamentos que possam ser utilizados, nos fez definir que a corrente máxima deste produto é de 16 A”.

Segundo a empresa, a tomada de 16 A atende “praticamente todos os dispositivos que podem ser utilizados” e ficou mais acessível ao público brasileiro, “com um tamanho menor, custo mais competitivo e com as medidas de segurança cabíveis”. O acessório desliga automaticamente caso uma corrente maior que 16 A seja detectada, para evitar queimas ou danos.

A lâmpada spot da Positivo chega ao Brasil com preço sugerido de R$ 99, dez reais mais barata que o valor oficial da Smart Lâmpada, de R$ 109. Já o Smart Plug Max Wi-Fi sai por R$ 169. Todos os produtos já podem ser comprados no varejo brasileiro, incluindo a Amazon, que vende os lançamentos com desconto nesta quinta-feira (23).

Nota de transparência: os links acima têm código de afiliado. Clicando neles, os preços não mudam, mas o veículo pode ganhar uma comissão da Amazon.

Atualizado em 24 de abril às 12h16 com o esclarecimento da Positivo sobre a corrente máxima da tomada.

Comentários da Comunidade

6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vítor Gomes

Resta saber se a Positivo continuou descarada igual fez com a SmartLamp que oferece brilhos inferiores para as cores RGB da cor branca.

Eu ainda também não sei o pq a Positivo e várias outras empresas insistem em utilizar o Wi-Fi ao invés daquela conexão Zigbee. Além de não pesar o roteador, ainda deixa o custo menor.

Paulo Higa

ZigBee é melhor, mas exige roteador/hub próprio. Essa lâmpada da Positivo é a mais barata que tem no Brasil e ainda é cara para o público médio. Imagina a pessoa descobrindo que precisa comprar OUTRO dispositivo para uma lâmpada de R$ 99 funcionar.

Vítor Gomes

De fato, kkkk.

Mas será que com o ZigBee as lâmpadas não poderiam ter um preço menor do que as com Wi-Fi?

Acho que no caso de uma única lâmpada é de fato ruim, mas se for possuir várias luzes, talvez exista uma economia significativa, não?

Felipe

A versão de 16 A da tomada conectada da Positivo oferece potência de até 1.600 watts (em 110 ou 220 V)

Eu sou leigo em elétrica, mas 16A em 220V daria pouco mais de 3.500 watts, num é?

Paulo Higa

Sim, 16 A * 220 V = 3.520 W. Essa seria a potência máxima teórica, mas o dispositivo precisa ser projetado para isso (componentes mais caros e tal). A Positivo diz que suporta até 1.600 W (ou seja, quase o limite de 16 A em 110 V).

Tiago Jeronimo

Legal os spots, tenho as lâmpadas da positivo e realmente, quando coloca a lâmpada pra ficar colorida o brilho cai muito, porém também tenho uma Yeelight e ela tem o mesmo problema. Não sei se as Phillips Hue tem o mesmo defeito, mas não vou descobrir nem tão cedo, já que um pacote com 3 lâmpadas e o hub custam “apenas” R$ 1.099,99. Com esse valor da pra comprar 11 lâmpadas da positivo.

Paulo Higa

As Philips Hue são bem melhores nesse ponto. O colorido é realmente forte.

Mas é aquela história, você leva o que paga.

Guilherme Oliveira

Estou colocando alguns gadgets pela casa e estou afim de algumas lâmpadas pra usar com o Nest. Estou em dúvida entre a da Positivo e a Yeelight, qual das duas vc indica? A diferença entre elas é grande?

Tiago Jeronimo

O aplicativo da Yeelight tem mais opções de cores, por exemplo, branco matinal, pôr do sol, modo noturno, flow (a lâmpada fica mudando de cor), mas você quase nunca vai usar isso. Os preços são bem parecidos, no entanto achei a luz da Yeelight mais forte e melhor integrada a Alexa. Então se você achar num preço bom (considerando o dólar) e tiver paciência pra esperar chegar (comprei a minha no aliexpress), compra a Yeelight.

Ps. Uso elas com a Alexa, não sei como fica a integração de ambas no sistema do google.

Participe da discussão