Exclusivo: Veek prepara plano de celular grátis na rede da Vivo

Internet móvel gratuita é sustentada por publicidade e dá até 2 GB de internet móvel; cliente poderá escolher entre rede da TIM e Vivo

Lucas Braga Everton Favretto
Por e
Chip da Veek
Veek permitirá que clientes escolham entre rede da Vivo ou TIM (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

O mercado de operadoras virtuais terá uma nova sacudida nos próximos meses: a Veek, que oferece serviço de celular na modalidade freemium, permitirá que o cliente escolha qual sinal quer usar. Um novo acordo foi firmado com outra fornecedora de infraestrutura, e os clientes terão a rede da Vivo à disposição.

Alberto Blanco, CEO da Veek, contou com exclusividade ao Tecnoblog que a empresa firmou um acordo com a Telecall, operadora que utiliza a rede da Vivo. O funcionamento será em paralelo com a rede existente, da Vero/Americanet (e sinal da TIM).

“O que a gente quer é ter mais uma opção de rede, porque existem algumas localidades em que a rede da Vivo tem cobertura melhor. O cliente vai poder brincar com a rede ‘roxa’ e a rede ‘azul’. Não vamos deixar a Americanet, é um excelente parceiro que nos possibilitou desenvolver nossa oferta gratuita, o Freemium, e temos muita gratidão com a empresa.”
Alberto Blanco, CEO da Veek

Essa é a primeira vez que uma MVNO permite que o cliente escolha qual rede irá utilizar. O executivo ainda diz que o acordo com a Telecall dá mais segurança para a continuidade da operação da Veek:

A gente já teve alguns tropeços no passado, então ter duas redes nos dá mais segurança. É muito mais uma questão de dar opção aos nossos clientes, mas [o acordo] permite maior segurança para continuidade do negócio.
Alberto Blanco, CEO da Veek

A operação ainda não tem data certa para começar, mas Blanco revela que a Veek trabalha para lançar a operação comercial com o sinal da Vivo em agosto de 2024.

Os detalhes da Veek com a rede da Vivo

Com as duas teles simultâneas, as operações ficarão separadas, com chips diferentes para a rede da Vivo ou TIM. O cliente poderá escolher qual sinal prefere, e o SIM Card correspondente será enviado para o endereço.

Clientes existentes da Veek, com a rede da TIM, poderão migrar para o sinal da Vivo e vice-versa. Nesse caso, será necessário trocar de chip; após a ativação, a Veek fará uma portabilidade numérica interna.

Plano grátis também estará disponível na rede da Vivo

Um dos questionamentos do Tecnoblog é se o Freemium ficará restrito ao serviço da TIM e Americanet. Blanco confirma que as ofertas serão as mesmas em qualquer uma das redes, inclusive o Freemium.

Atualmente, para ter o Freemium é necessário comprar o chip no valor de R$ 120. O plano inclui até 2 GB de internet por mês, ligações ilimitadas e 30 SMS por dia, desde que o cliente faça “check-ins” diários. O check-in é o ato de entrar no aplicativo e assistir uma publicidade.

Aplicativo e chip da Veek
Para usar serviços de celular de graça, clientes precisam assistir publicidade no app da Veek (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Quem precisar de mais dados poderá comprar pacotes adicionais. A Veek também vende planos de celular tradicionais, sem anúncios. O pacote mais barato custa R$ 30 mensais com 3 GB, e os dados não utilizados acumulam para os próximos meses.

Veek quer ser a operadora de outras empresas

Além de comercializar telefonia móvel com sua marca própria, a Veek também está no caminho para ser fornecedora de solução para outras empresas. “A gente consegue com facilidade criar um app com mudanças de marca, customizações específicas e de conteúdo. Já temos quatro ou cinco pilotos rodando”, afirma o executivo.

Blanco nos revelou que o Botafogo deve lançar uma nova MVNO através da Veek, também com o plano Freemium. É a segunda vez que o clube tenta lançar sua própria operadora — em dezembro de 2020, a Botafogo Celular foi lançada em parceria com a Dry Company, derivada da Surf Telecom e TIM.

Além disso, a Veek vê futuro em parcerias com foco empresarial. O CEO comentou sobre um acordo feito com uma rede de postos de combustíveis, cujo público-alvo do serviço móvel são os próprios frentistas.

Nesse projeto, a matriz utiliza a plataforma de check-ins para divulgar sobre metas, promoções e pequenos treinamentos em troca de internet grátis. A ideia nasceu a partir de um programa de benefícios oferecido aos funcionários da empresa de combustíveis, em que os principais resgates eram créditos para celular pré-pago.

Receba mais sobre Vivo na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Lucas Braga

Lucas Braga

Repórter especializado em telecom

Lucas Braga é analista de sistemas que flerta seriamente com o jornalismo de tecnologia. Com mais de 10 anos de experiência na cobertura de telecomunicações, lida com assuntos que envolvem as principais operadoras do Brasil e entidades regulatórias. Seu gosto por viagens o tornou especialista em acumular milhas aéreas.

Everton Favretto

Everton Favretto

Assistente de Conteúdo

Everton Favretto é bacharel em Tecnologias Digitais pela UCS e caça homologações da Anatel para o Tecnoblog. Gosta de telefones (velhos e novos) e está sempre pronto para falar de aviões. Consegue identificar um modelo de 737 olhando para a fotografia dele e tem um Raspberry Pi Zero W na sacada só para rastrear as aeronaves por ADS-B.

Canal Exclusivo

Relacionados