Início » Gadgets » Videoporteiro Intelbras Allo W5: praticidade e segurança inteligente

Videoporteiro Intelbras Allo W5: praticidade e segurança inteligente

Videoporteiro Intelbras Allo W5 é um dispositivo interessante para a segurança residencial, mas pode decepcionar em integração

Darlan HelderPor
Videoporteiro Intelbras Allo W5 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Videoporteiro Intelbras Allo W5 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Assim como a Positivo, a Intelbras tem apostado em porteiros inteligentes para a segurança residencial. O Allo W5 chegou ao mercado em setembro de 2020 e é mais indicado para condomínios graças à instalação simples. Além disso, o produto tem como destaque a integração com o aplicativo da empresa, visão noturna, detecção de movimento e certificação IP54.

Tudo isso por R$ 649, ou seja, o mesmo preço do Smart Vídeo Porteiro Wi-Fi, da Positivo. Será que compensa? E qual é melhor? Eu instalei o Intelbras Allo W5 aqui em casa e conto toda a experiência de uso nos próximos minutos.

Análise do Videoporteiro Intelbras Allo W5 em vídeo

Aviso de ética

O Tecnoblog é um veículo jornalístico independente de tecnologia, que ajuda as pessoas a tomarem sua próxima decisão de compra, desde 2005. Nossas análises de produtos são opinativas e não possuem nenhuma intenção publicitária. Por isso, sempre destacamos de forma transparente os pontos positivos e negativos de cada produto.

Nenhuma empresa, fabricante ou loja pagou ao Tecnoblog para produzir este conteúdo. Nossos reviews não são revisados nem aprovados por agentes externos. O videoporteiro Allo W5 foi fornecido pela Intelbras por doação. O produto será usado em conteúdos futuros e não será devolvido à empresa.

Kit e instalação

Diferente do Allo W3, que depende da fonte de alimentação conectada o tempo todo para funcionar, o videoporteiro Allo W5 trabalha com baterias e é relativamente mais fácil de instalar. Para isso, a empresa envia um kit com chave de montagem, fita dupla face, além de buchas e parafusos para instalações mais complexas. Como as baterias são recarregáveis, achei legal a Intelbras incluir na caixa um adaptador de tomada junto do cabo Micro USB.

Kit do videoporteiro Intelbras Allo W5 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Kit do videoporteiro Intelbras Allo W5 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Assim que você abre o produto pela primeira vez, é preciso tirar o chapéu para remover o lacre das baterias no videoporteiro. Depois disso, basta fazer a integração com o Intelbras Allo, aplicativo oficial disponível tanto para usuários de Android quanto para iPhone (iOS). Nele, você terá de criar uma conta e fazer as últimas configurações do aparelho, como conectar o produto à rede Wi-Fi que deve ser de 2,4 GHz, apenas.

Por último, basta fixar o Allo W5 na parede. A instalação do chapéu exige um certo cuidado: a Intelbras recomenda usar a fita adesiva apenas se você for colocar o videoporteiro em uma superfície de vidro. Aqui ele perde ponto, pois o modelo da Positivo vem com uma dupla face mais resistente que permite colocar o equipamento em uma parede lisa.

Chapéu e videoporteiro Intelbras Allo W5 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Chapéu e videoporteiro Intelbras Allo W5 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O mesmo vale para fixação em locais abertos com grande circulação, a empresa recomenda usar a bucha e os parafusos, para não correr o risco de alguém arrancar o Allo W5 com facilidade.

Pontos positivos e negativos

O primeiro ponto positivo deste produto nós já mostramos, a instalação. Mas existem outras funcionalidades que devem ajudar você que tem comércio ou escritório. Diferente da concorrência, este modelo não traz campainha sem fio, porém toda vez que alguém aciona o videoporteiro, você recebe uma notificação no celular.

O aplicativo não oferece uma interface muito amigável, mas conta com alguns recursos úteis como ouvir e conversar à distância com a pessoa que está em frente ao Allo W5. Para maior segurança, também é viável inserir um cartão micro SD para gravar tudo o que acontece lá fora. A câmera tem ângulo de visão de 140°, sendo possível ver sem dificuldades o ambiente externo a partir do app.

Videoporteiro Intelbras Allo W5 e aplicativo Intelbras Allo (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Videoporteiro Intelbras Allo W5 e aplicativo Intelbras Allo (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Existem outras funções iguais às do Smart Vídeo Porteiro Wi-Fi da Positivo: detecção de movimento e visão noturna são algumas delas. Como o próprio nome sugere, o primeiro alerta no aplicativo quando alguém passa em frente ao Allo W5. O segundo permite visualizar tudo o que acontece na área externa mesmo se o local não estiver com a iluminação adequada. Durante os meus testes, ambos funcionaram bem, mas o detector de movimento pode ser irritante se o local for muito movimentado. Fica o alerta.

O equipamento que eu testei já veio com as baterias fracas e, quando isso acontece, o aplicativo emite várias notificações pedindo alimentação. De acordo com a Intelbras, uma carga garante até quatro meses de autonomia e, aqui, eles consideram cinco chamadas por dia.

Videoporteiro Intelbras Allo W5 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Videoporteiro Intelbras Allo W5 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Compartilho agora alguns pontos negativos. Primeiro: o Intelbras Allo W5 é 100% dependente da rede Wi-Fi e isso significa que, caso você esteja na rua com o 4G do celular ligado, o dispositivo não vai avisar quando alguém tocar a campainha.

Ele também não oferece integração com assistentes virtuais. Se isso for um problema, a Positivo se sobressai, já que permite monitorar a entrada da sua casa ou comércio através de dispositivos com Alexa e Google Assistente.

Embora tenha certificação IP54, é melhor instalar o Allo W5 em locais fechados, pois ele não aguenta chuvas fortes. Além disso, a própria empresa pede, no manual, para “evitar respingos de água ou outros líquidos, além de luz solar direta ou reflexos intensos no videoporteiro”.

Vale a pena?

Videoporteiro Intelbras Allo W5 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Videoporteiro Intelbras Allo W5 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

É evidente que o Intelbras Allo W5 não garante segurança máxima, porém mostra ser um produto interessante para quem pensa em deixar a casa mais conectada e protegida ao mesmo tempo. Em alguns pontos, o videoporteiro escorrega: a falta de integração com assistente pessoal e não avisar o acionamento da campainha quando você está fora são os principais pontos negativos.

Você também precisa considerar outras limitações que um equipamento como esse apresenta. A instalação requer atenção, já que fixá-lo em ambientes externos não é o ideal, mas isso não é uma exclusividade do Allo W5; o modelo da Positivo também não é tão resistente.

Quanto ao investimento, ele tem preço sugerido de R$ 650 e, por fim, eu o recomendaria para comerciantes que buscam por um dispositivo de segurança mais simples e acessível. Se o orçamento estiver apertado, Allo W3 é um produto com custo beneficio melhor e também não exigirá de muito esforço durante a instalação. Mas se você busca por mais integração, o Smart Vídeo Porteiro Wi-Fi, da Positivo, acaba sendo a melhor opção nesse caso.

Atualização em 11 de dezembro: durante os testes, o app Intelbras Allo não notificava com a rede móvel ligada (apenas no Wi-Fi), porém o app passou a funcionar com o 4G ativado depois da publicação deste review.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@teh

o loco, ele nao avisa se vc tiver só no 4G? Que implementação horrível.

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

Queria algo que se integrasse as TVs de casa.