Início » Jogos » Brazil Game Awards 2020: The Last of Us 2 é o grande vencedor

Brazil Game Awards 2020: The Last of Us 2 é o grande vencedor

The Last of Us Part 2 repete resultado do The Game Awards e sai vitorioso também no Brazil Game Awards 2020

Felipe VinhaPor

The Last of Us Part 2 é o grande vencedor da categoria “Jogo do Ano” no Brazil Game Awards 2020. A premiação conta com a participação de mais de 100 representantes nacionais da imprensa e criadores de conteúdo no júri, incluindo o Tecnoblog. Outros games que se destacaram foram Final Fantasy 7 Remake, Fall Guys, Hades e Dirt 5.

The Last of Us Part 2 se destaca também no Brazil Game Awards 2020 (Imagem: Felipe Vinha/Tecnoblog)

The Last of Us Part 2 se destaca também no Brazil Game Awards 2020 (Imagem: Felipe Vinha/Tecnoblog)

Além de “Jogo do Ano”, The Last of Us Part 2 se destacou ao levar as categorias Melhor Jogo de Ação e Aventura, Melhor Trilha Sonora e Melhor Dublagem em Português. Em alguns casos, o game repetiu os mesmos prêmios que ganhou no The Game Awards 2020.

Curiosamente, a sensação Among Us não foi premiado em nenhuma categoria no BGA 2020, ao contrário do TGA 2020. Aqui, quem levou Melhor Multiplayer foi Fall Guys, enquanto Jogo Mobile ficou com Genshin Impact.

Out of Space, da Behold Studios, ficou com o prêmio de Jogo Brasileiro do Ano.

Lista de vencedores

Confira a lista completa de vencedores do Brazil Game Awards 2020, ao lado dos indicados. Os vencedores estão destacados em negrito.

Jogo do Ano

Jogo Brasileiro do Ano

  • Addle Earth (Sunland Estudios de Entretenimento)
  • Alchemist Adventure (Bad Minions/Super.Com)
  • Mayara & Annabelle: Idle Battles (Skullfish Studios)
  • Out of Space (Behold Studios) (Vencedor)
  • Under Domain (Playlearn)

Jogo Mais Aguardado – 2021

  • Far Cry 6 (Ubisoft Toronto/Ubisoft)
  • God of War: Ragnarok (Santa Monica Studios/Sony Studios) (Vencedor)
  • Halo: Infinite (343 Industries/Xbox Game Studios)
  • Horizon: Forbidden West (Guerilla Studios/Sony Studios)
  • Resident Evil: Village (Capcom)

Melhor Jogo Original

  • Carrion (Phobia Game Studio/Devolver Digital)
  • Fall Guys (MediaTonic/Devolver Digital)
  • Ghost of Tsushima (Sucker Punch/Sony Studios)
  • Hades (Supergiant Games) (Vencedor)
  • Spiritfarer (Thunder Lotus)

Melhor Periférico/Hardware

Melhor Jogo de Tiro

  • Call of Duty: Black Ops Cold War (Treyarch/Activision Blizzard)
  • Call of Duty: Warzone (Infinity Ward/ Activision Blizzard)
  • Doom Eternal (ID Software/ Bethesda) (Vencedor)
  • Half-Life Alyx (Valve)
  • Valorant (Riot Games)

Melhor Jogo de Ação e Aventura

  • Assassin’s Creed Valhalla (Ubisoft Montreal/Ubisoft)
  • Ghost of Tsushima (Sucker Punch/Sony Studios)
  • Ori and the Will of the Wisps (Moon Studios/Xbox Game Studios)
  • Spider-Man Miles Morales (Insomniac Games/Sony Studio)
  • The Last of Us Part II (Naughty Dog/Sony Studios) (Vencedor)

Melhor Jogo de Luta

  • Granblue Fantasy Versus (Arc System Works/XSEED Games)
  • Mortal Kombat 11: Ultimate (NetherRealm Studios/Warner Bros. Interactive Entertainment) (Vencedor)
  • My Hero One’s Justice 2 (Byking/Bandai Namco Entertainment)
  • One Punch Man A Hero Nobody Knows (Spike Chunsoft/Bandai Namco Entertainment)
  • Street Fighter V: Champion Edition (Capcom)

Melhor RPG

  • Assassin’s Creed Valhalla (Ubisoft Montreal/Ubisoft)
  • Final Fantasy VII Remake (Square Enix) (Vencedor)
  • Genshin Impact (miHoYo)
  • Persona 5 Royal (Atlus/SEGA)
  • Yakuza Like a Dragon (Ryu Ga Gotoku Studio/SEGA)

Melhor Jogo de Corrida

  • Dirt 5 (Codemasters) (Vencedor)
  • F1 2020 (Codemaster)
  • Hotshot Racing (Sumo Digital/Curve Digital)
  • Need for Speed: Hot Pursuit Remastered (Stellar Entertainment Limited/Electronic Arts)
  • Project CARS 3 (Slightly Mad Studios/Bandai Namco Entertainment)

Melhor Jogo de Esporte

  • Captain Tsubasa: Rise Of New Champions (Tamsoft/Bandai Namco Entertainment)
  • FIFA 21 (EA Vancouver/Electronic Arts)
  • NBA 2K21 (Visual Concepts/2K Games)
  • Pro Evolution Soccer 2021 (PES Productions/Konami)
  • Tony Hawk’s Pro Skater 1 + 2 (Vicarious Visions/Activision Blizzard) (Vencedor)

Melhor Jogo de Estratégia

  • Age of Empires III: Definitive Edition (Ensemble Studios/ Xbox Game Studios)
  • Crusader Kings 3 (Paradox Development Studio/ Paradox Interactive)
  • Desperados III (Mimimi Games/THQ Nordic)
  • Gears Tactics (Xbox Game Studios) (Vencedor)
  • XCOM: Chimera Squad (Firaxis Games/2K)

Melhor Jogo para a Família

  • Animal Crossing: New Horizons (Nintendo)
  • Crash Bandicoot 4: It’s About Time (Toys for Bob/Activision Blizzard)
  • Fall Guys (MediaTonic/Devolver Digital) (Vencedor)
  • Minecraft Dungeons (Mojang Studios/Xbox Game Studios)
  • Paper Mario: The Origami King (Nintendo)

Melhor Jogo Mobile

  • Among Us (InnerSloth)
  • Call of Duty: Mobile (Tencent Games/Activision Blizzard)
  • Genshin Impact (miHoYo/ miHoYo) (Vencedor)
  • Legends of Runeterra (Riot Games)
  • Pokémon Café Mix (Genius Sonority/Nintendo)

Melhor Multiplayer

  • Among Us (InnerSloth)
  • Animal Crossing: New Horizons (Nintendo)
  • Call of Duty: Warzone (Infinity Ward/Activision Blizzard)
  • Fall Guys (MediaTonic/Devolver Digital) (Vencedor)
  • Valorant (Riot Games)

Melhor Trilha Sonora

  • Doom Eternal (ID Software/Bethesda)
  • Final Fantasy VII Remake (Square Enix)
  • Hades (Supergiant Games)
  • Ori and the Will of the Wisps (Moon Studios/Xbox Game Studios)
  • The Last of Us Part II (Naughty Dog/Sony Studios) (Vencedor)

Melhor Estúdio

  • Naughty Dog (Vencedor)
  • Square Enix
  • Sucker Punch
  • Supergiant Games
  • Ubisoft Montreal

Melhor Publisher

  • Activision
  • Devolver Digital
  • Nintendo
  • Sony Studios (Vencedor)
  • Ubisoft

Melhor Jogo Independente

  • Carrion (Phobia Game studio/Devolver Digital)
  • Fall Guys (MediaTonic/Devolver Digital)
  • Hades (Supergiant Games) (Vencedor)
  • Mortal Shell (Cold Symmetry/Playstack)
  • Spiritfarer (Thunder Lotus)

Melhor Dublagem em Português

  • Assassin’s Creed Valhalla (Ubisoft Montreal/Ubisoft)
  • Ghost of Tsushima (Sucker Punch/Sony Studios)
  • Spider-Man Miles Morales (Insomniac Games/Sony Studio)
  • The Last of Us Part II (Naughty Dog/Sony Studios) (Vencedor)
  • Watch Dogs: Legion (Ubisoft Toronto/Ubisoft)

Melhor Equipe de eSport do Brasil

  • Flamengo (Vencedor)
  • FURIA
  • INTZ
  • LOUD
  • Pain Gaming

Melhor Pro Player do Brasil

  • Felipe “Brtt” Gonçalves
  • Marcelo “Coldzera” David
  • Gabriel “Fallen” Toledo
  • Bruno “Nobru” Goes (Vencedor)
  • Thiago “Tinows” Sartori

Melhor Jogo de eSports

  • Counter-Strike: Global Offensive (Valve)
  • Fortnite ( Epic Games)
  • Free Fire (Garena) (Vencedor)
  • League of Legends (Riot Games)
  • Valorant (Riot Games)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

MarcosHenrique (@MarcosHenrique)

HAHAHAHAHA Isso existe?

Breno (@bbcbreno)

Argumente!

Breno (@bbcbreno)

N conhecia o BGA (ou n lembrava) e vi no site q existe desde 2015!!! Eeeeita!

Mas gostei disso, espero q cresça muito e se torne popular aqui no Brasil e lá fora. (por ora o site tá precisando de um belo tapa!)

² (@centauro)

Não que os produtos da empresa sejam necessariamente ruins, mas o ambiente de trabalho lá parece ser péssimo e ficar recebendo esses prêmios de melhor isso, melhor aquilo, só valida o péssimo ambiente de trabalho.
E daí entra a questão do papel desses prêmios também. Eles deveriam levar em consideração aspectos extra-jogo (como qualidade do ambiente de trabalho) ou deveriam se ater única e exclusivamente ao que é entregue no jogo? Deveria haver um debate mais aprofundado e abrangente ou deveria ser mais objetivo e focado?

Breno (@bbcbreno)

Acho errado a atitude dessas empresas. Até pq… são só jogos, produtos sem urgência alguma, não estamos falando da cura da humanidade. Então não faz sentido tanta pressão pra lançar um jogo! Sei lá… mundo tá doente.

Porém, infelizmente, todas as gigantes são iguais. Tanto é q, normalmente profissional da área quando estressa e chega no limite com uma empresa, ele procura abrir seu próprio estúdio ou procura algum estúdio indie. Com isto, n acho válido punir só a ND, o correto seria punir TODAS as empresas q fazem isto. Mas infelizmente isso n vai rolar =/

Estamos num ciclo vicioso:

empresa erra em anunciar um jogo antes da hora comunidade erra em ficar hypada e pressionar a empresa empresa erra em lançar produto antes da hora cheio de bugs, falhas e etc comunidade erra em criticar lançamento precoce (forçado pela própria comunidade) empresa erra em forçar horas e horas de trabalho pra corrigir bugs em tempo record comunidade fica feliz empresa anuncia um novo jogo q mal começou a fazer…

PS.: claro q este n é só um problema, tanto é q TLOU n saiu com tantos erros graves, mas rolou pressão doentia pra cumprir o prazo de lançamento (e rolou atrasos ainda).

² (@centauro)

Sim, isso é uma prática da indústria que deveria ser mudada.
E não dar prêmios pra essas empresas seria um possível (pequeno) passo nesse sentido.
Ou pelo menos usar essas premiações pra jogar o holofote nesse problema, usar qualidade do ambiente de trabalho como um critério, sei lá.
No Kotaku saiu um texto interessante criticando a decisão do The Game Awards dar o prêmio de melhor direção pro TLOU2, argumentando que um jogo que precisa impor tamanha pressão nos desenvolvedores pra ser lançado não é exemplo de “melhor direção” (que é definido como “outstanding creative vision and innovation in game direction and design”).

E como eu falei, ao dar um prêmio desses ao estúdio, está basicamente validando esse método de produção.
E falar isso não é nem criticar só a NaughtyDog ou quere punir só esse estúdio. Parece isso porque o prêmio só é dado para um estúdio. Se fosse outra empresa que usa o mesmo método, a crítica seria a mesma e igualmente válida.

Breno (@bbcbreno)

Eu concordo com isto! Premiar estes produtos é carimbar um selo: continue explorando seus funcionários.

N deveria premiar empresas assim. Mas n vai rolar pq todas gigantes fazem isto. Aí seria uma premiação basicamente só de indies.

Pessoalmente eu ia achar foda um TGA de indies!

Então, TGA punir dessa forma todas as empresas eu acho meio difícil rolar. Mas academias menores poderiam iniciar com esta prática. Se algumas academias menores começarem a banir/punir escravisudio, provavelmente outras academias iriam aderir tb.

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

Interessante. Espero que esse prêmio ganhe mais credibilidade e notoriedade ao longo dos anos. Acho importante ter um prêmio sério, com a imprensa votando e tudo mais, aqui no Brasil.