Início » Finanças » Britânico oferece US$ 70 mi para recuperar bitcoins perdidos em aterro

Britânico oferece US$ 70 mi para recuperar bitcoins perdidos em aterro

James Howells minerou 7.500 bitcoins (BTC) em 2009 e os armazenou em um disco rígido que jogou fora por engano

Bruno IgnacioPor

O britânico James Howells ofereceu mais de US$ 70 milhões à Câmara Municipal de Newport (País de Gales) pela permissão para escavar um aterro sanitário onde descartou acidentalmente um disco rígido que continha 7.500 bitcoins (BTC). Pela cotação desta segunda-feira (18), o montante perdido seria equivalente a R$ 1,4 bilhão.

Bitcoin (imagem: Mohamed Hassan/Pixabay)

Bitcoin (imagem: Mohamed Hassan/Pixabay)

Entre junho e agosto de 2013, Howells jogou por engano o HDD no qual armazenava suas moedas digitais no lixo. O especialista em TI havia minerado bitcoin quatro anos antes, logo após seu nascimento em 2009. Na época, a criptomoeda não valia muito, mas as recentes altas históricas levaram o galês a perceber sua perda e então tentar o impossível para recuperar sua fortuna.

Newport nega pedido de escavação para encontrar bitcoins

O galês tem a convicção de que seus bitcoins foram parar em uma secção específica de um aterro sanitário em Newport. Assim, ele se dirigiu à Câmara da cidade para solicitar a permissão para escavar a área demarcada em busca de seu disco rígido perdido há mais de 7 anos. Como incentivo, Howells ofereceu pagar um quarto do montante, caso tenha sucesso em sua busca, a todos os residentes locais.

“Eu me ofereci para doar 25%, ou £ 52,5 milhões (US$ 71,7 mi), para ser distribuído a todos que moram em Newport caso eu encontre e recupere os bitcoins”, afirmou Howells à CNN. A cidade em questão possui 316 mil habitantes, resultando em um prêmio de US$ 239 para cada morador.

Contudo, há inúmeras incertezas no plano de Howells. Após 7 anos, a probabilidade de se encontrar o disco rígido que guarda seus bitcoins já é muito baixa.  Mesmo em um cenário no qual o galês tenha sucesso em recuperar o HDD, ainda é improvável que seja recuperável. Dito isso, a Câmara Municipal da cidade de Newport rejeitou a oferta e nem sequer aceitou discutir pessoalmente a questão.

Britânico elabora plano para recuperar criptomoedas

Howells apenas sentiu a falta de seu disco rígido quando o preço do bitcoin atingiu US$ 9 milhões. “Assim que vi o aterro, pensei que não teria chance. A área coberta é enorme”, afirmou. Porém, a contínua valorização do criptoativo o incentivou a elaborar uma estratégia melhor.

“O plano seria escavar uma área específica do aterro sanitário com base na planta local, e recuperar o disco rígido enquanto se obedece todos os padrões ambientais e de segurança”, disse Howells à CNN. “A unidade seria então apresentada a especialistas em recuperação de dados que podem reconstruí-la do zero com novas peças e tentar recuperar os pequenos dados de que preciso para acessar os bitcoins.”

O galês destinaria 25% do valor recuperado a todos os moradores de Newport, enquanto 50% seriam direcionados a indivíduos e instituições que patrocinariam a empreitada. Com isso, Howells embolsaria somente um quarto do prêmio total.

A Câmara Municipal da cidade galesa respondeu à CNN que vem sendo contatada diversas vezes sobre a possibilidade de recuperar uma peça de hardware que supostamente armazenaria bitcoins. A autoridade local ainda esclareceu que não recusou deliberadamente a oferta de Howells, mas que não tem liberdade jurídica para permitir uma escavação do tipo.

“A Câmara disse ao Sr. Howells em várias ocasiões que a escavação não é possível sob nosso contrato de licenciamento e que a própria escavação teria um enorme impacto ambiental na área circundante”, afirmou o órgão municipal. As autoridades de Newport ainda destacam que uma operação do tipo poderia custar milhões de libras sem qualquer garantia de que o montante em bitcoins seja efetivamente recuperado.

Com informações: CNN

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lucas (@Lucas)

É uma situação realmente desesperadora. Deu até pena do cara, estaria com a vida do tataraneto garantida.