Início » Finanças » Pix por aproximação e saques chegam em 2021, anuncia BC

Pix por aproximação e saques chegam em 2021, anuncia BC

Intenções para o Pix em 2021 foram anunciadas na primeira reunião do ano do Fórum Pix, promovida pelo Banco Central

Lucas Lima Por

Pagamento por aproximação, saques liberados, uso na conta salário. Essas foram algumas das novidades anunciadas para a expansão do Pix em 2021, durante a primeira reunião plenária do ano do Fórum Pix, realizada nessa quinta-feira, 28. O evento online foi conduzido pelo diretor de Organização do Sistema Financeiro e de Resolução, João Manoel Pinho de Melo, que tratou da agenda evolutiva do sistema de pagamentos.

Pix em aplicativo da Caixa (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Pix em aplicativo da Caixa (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Lançado em novembro de 2020, o Pix não trouxe todos os recursos prometidos logo no lançamento, como o saque em estabelecimentos comerciais. Sobrou para 2021, com tudo e mais um pouco. Apesar da reunião não especificar datas para a liberação dos novos recursos, a promessa é que eles sejam implementados ainda este ano:

  • Conta salário no Pix: para permitir a movimentação desse tipo de conta com o sistema de pagamentos do Banco Central;
  • Integração dos apps com a lista de contatos do smartphone: para reconhecer chaves dos contatos do usuário;
  • Mecanismo de devolução de recursos pelo PSP (instituição financeira) do recebedor em casos de suspeita de fraude ou falha operacional (como o recente caso do Banco Itaú);
  • Saque Pix: para retirada do dinheiro a partir do sistema de pagamentos, em caixas eletrônicos ou estabelecimentos comerciais;
  • Pix por aproximação: pode permitir o pagamento via Pix em máquinas de cartão habilitadas com NFC.

Parcelamento de contas e débito automático

Ainda que não tenham sido confirmadas para 2021, João Manoel Pinho de Melo disse que “começaremos a especificar no segundo semestre dois produtos que agregarão ainda mais valor ao arranjo e permitirão novos casos de uso”. Trata-se do uso do Pix em pagamentos por débito automático ou parcelamento de compras.

O Pix Garantido é o nome do recurso que permitirá o parcelamento das transações (não há detalhes se o recurso funcionará como um crédito pré-aprovado ou débito automático da conta do usuário) e o Pix Débito Automático, para pagamentos recorrentes.

Pix já é responsável por mais transações que TED e DOC

Em um levantamento feito pelo Tecnoblog, até o dia 17 de janeiro, o Pix foi escolhido em 87,2 milhões de transações instantâneas, contra 64,7 milhões de TEDs e 7,3 milhões de DOCs feitos no mesmo período. Ainda que a quantidade de TEDs tenha sido menor, o volume financeiro ainda é superior: R$ 250 bilhões contra R$ 70 bilhões do Pix.

Com informações: Banco Central.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando