Arquivo Antivírus e Segurança

Last.fm alerta sobre vazamento de senhas dos usuários

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Está aberta a temporada de vazamento de senhas em serviços web, aparentemente. A rede social para profissionais LinkedIn foi a primeira a confirmar que sua base de dados foi invadida essa semana e quase 6,5 milhões de senhas foram publicadas. Pouco depois o site de encontros americano eHarmony declarou o mesmo. Agora foi a vez do conhecido serviço de música Last.fm alertar seus usuários para algo similar.

Segundo o aviso postado numa página especial do serviço, eles detectaram e estão investigando uma brecha que ocasionou o vazamento de senha de alguns dos seus usuários. Eles afirmam que descobriram isso depois do vazamento de senhas de outros sites e “informações publicadas online”, sem dizer exatamente quais são essas informações. A equipe do site aconselha, então, a todos os usuários trocarem suas senhas para algo menos óbvio e única, que não seja usada em outros serviços web.

Ainda não existem outras informações sobre o vazamento até agora, como o números de usuários afetados ou se outros dados também vazaram, como email e login. Mas ao menos o Last.fm está avisando do problema a todos os seus usuários logados no site, com uma nada discreta barra amarela no topo. As últimas estimativas dão conta que o serviço tenha cerca de 48 milhões de usuários ao redor do mundo.

Os hackers de posse das senhas dos usuários já avisaram que vão fazer uma ferramenta automática para que todas as contas ouçam músicas do Justin Bieber ao mesmo tempo. Ok, essa última parte não é verdade.

Atualização às 10:10 | Como alertou o nosso leitor Murilo Monteiro no Facebook, o vazamento de senha de todos os sites parece estar ligado a um fórum chamado InsidePro.com, usado por hackers e pessoas maliciosas com o objetivo de decriptografar senhas em hash. O tópico original já foi deletado, mas o cache do Google ainda mostra alguma evidência de que ele existiu.

Segundo o site GigaOm o responsável pelo ataque pode ser um hacker que atende pelo nick de dwdm e que tem um grande histórico de vazar senhas no passado. Ele teria começado a publicar as senhas ainda em abril, mas apenas agora foi descoberto.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque