Arquivo Computador

Apple expande opções de configuração do MacBook Pro com tela Retina

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Na sua loja online a Apple oferece há bastante tempo a opção de configurar os MacBook Pro antes da compra. Dessa forma seus clientes podem escolher um conjunto de processador, memória RAM ou armazenamento que melhor encaixam no seu orçamento. Mas nos modelos de MacBook Pro com tela Retina a empresa não fazia isso, oferecendo apenas dois modelos base. Hoje as opções de configuração de tais modelos foram expandidas.

A loja online da Apple passou a permitir que o processador, armazenamento SSD e memória RAM dos dois modelos sejam configurados antes da compra. O modelo base agora pode ter um processador Intel Core i7 de até 2,7 GHz, até 16 GB de RAM e armazenamento SSD de até 768 GB (por módicos R$ 15,2 mil). O modelo topo de linha também pode ter os mesmo componentes, mas no caso dele o valor pula para R$ 15,9 mil. Por sinal, se alguém quiser esclarecer a diferença dos dois nos comentários eu agradeceria. Eu chuto que seja o processador diferente, mas como a Apple não diz quais modelos exatos está usando em cada um, só fico na especulação.

Antes da opção de configuração a Apple oferecia apenas dois modelos do MacBook Pro com tela Retina aqui no Brasil: um com 256 GB de SSD, processador quad-core Intel Core i7 com 2,3 GHz de clock e 8 GB de RAM, e outro com 512 GB de SSD, processador quad-core Intel Core i7 com 2,6 GHz de clock e os mesmos 8 GB de RAM. Os valores para cada um eram na época, respectivamente, R$ 10 mil e R$ 12,6 mil.

Curiosamente, apesar dos preços incrivelmente altos, a Apple ainda não oferece na sua loja online a opção de pagamento com um órgão não-vital como rim ou parte do fígado. Por enquanto a empresa se mantém ortodoxa ao oferecer apenas cartão de crédito ou boleto bancário.

Com informações: MacRumors.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque