Arquivo Curiosidades

Apple teria encomendado 10 milhões de unidades do iPad Mini

"Wall Street Journal" confirma informação com fornecedores de suprimentos.

Thássius Veloso
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Mal entramos na segunda semana de outubro. Não estranhe se, até o fim do mês, membros da mídia nos Estados Unidos receberem convites vindos diretamente de Cupertino para um evento da Apple com “novidades”. O jornal estadunidense Wall Street Journal traz no domingo (7) a informação de que a companhia criadora dos iTrecos encomendou 10 milhões de unidades do suposto iPad Mini a parceiros comerciais da Ásia.

De acordo com o conceituado jornal, propriedade do não-tão-conceituado-assim grupo News Corp de Rupert Murdoch, os fornecedores asiáticos consultados têm de produzir 10 milhões de unidades do tablet com visor de 7,85 polegadas durante o quarto trimestre do ano, no qual já nos encontramos. Reza a lenda que a Amazon encomendou metade deste volume para o novo Kindle Fire anunciado há algumas semanas, o principal concorrente do iPad no mercado norte-americano.

O Kindle Fire não está à venda no Brasil. O iPad mais simples, com Wi-Fi e 16 GB de armazenamento, custa R$ 1.549 no site oficial.

Conceito de iPad Mini feito pelo site Gizmodo.com

Conceito de iPad Mini feito pelo site Gizmodo.com

Nas coletivas e lançamentos de produtos, executivos da Apple (inclusive o finado Steve Jobs e o atual CEO Tim Cook) sempre defenderam que a tela de quase 10 polegadas do iPad é ideal para a categoria de tablets. Vale lembrar que esta era a mesma abordagem com relação ao iPhone, com a perfeição na forma de visor com 3,5 polegadas. Em setembro a Apple anunciou um novo modelo de iPhone com visor de 4 polegadas.

Tim Cook disse no evento de lançamento do iPhone 5 que o iPad responde por 68% das vendas de tablets no mundo. Tudo bem que o executivo não informa a fonte da informação. Ainda assim, há muito claro no meio de analistas de mercado entendimento de que a companhia domina neste segmento. O suposto iPad Mini competiria com produtos como o Galaxy Note, um tablet menor (ou smartphone maior) que trouxe muitos dividendos para a Samsung e se tornou pivô de um processo judicial complicado. A Apple garantiu na justiça americana indenização superior a US$ 1 bilhão. A Samsung pode e vai recorrer da decisão.

O iLex, nosso colega do Blog do iPhone (especializado, obviamente, em notícias da Apple), publicou hoje um artigo de opinião em que afirma categoricamente que a companhia da maçã perdeu a capacidade de nos surpreender. Não que os produtos sejam isentos de inovação. Pelo contrário, embora sejam considerados muito bons pela indústria, o fator surpresa de lançamentos anteriores não ocorre mais.

Geralmente vazam tantas peças que dá para montar o produto, como se Lego fosse, semanas antes do anúncio. Foi assim com o iPad de terceira geração e com o iPhone 5. Sem falar no iPhone “encontrado” por um blog americano em um “bar”. Virou caso de polícia.

Concordo com o iLex. Se o iPad Mini realmente existe, a hora para lançá-lo é agora. Antes que vire notícia velha. Vai continuar vendendo o mesmo tanto que antes, mas pode não causar tanto impacto em meio aos entusiastas da tecnologia. Gente que lê este Tecnoblog e compra os produtos antes das pessoas normais.

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque