Arquivo Aplicativos e Software

Microsoft acaba de vez com o Messenger no iOS

Morre menino MSN/Live Messenger para plataforma da Apple

Thássius Veloso
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Não adianta mais procurar. Não tem sentido em fazer pesquisas. Sequer mandar email para Steve Ballmer reclamando da situação. A Microsoft desativou nessa semana o aplicativo oficial do MSN/Live/Windows Messenger para a plataforma iOS da Apple. Nada mais de bater papo com seus amigos utilizando o software oficial do icônico comunicador instantâneo.

Como bem nota o site especializado em Microsoft, Neowin,  essa era uma posição esperada desde que os softies decidiram acabar de vez com o Messenger para dar lugar ao Skype. A Microsoft comprou o Skype há dois anos em um negócio grandioso avaliado em mais de 8 bilhões dólares e concluiu a aquisição no ano passado. Ela aposta todas as fichas no também icônico software de chamadas de voz por IP (o chamado VoIP). Sim, o Skype também permite enviar mensagens de texto e fazer chamadas em vídeo.

O Skype pertencia anteriormente ao mesmo grupo do eBay, site americano equivalente ao nosso Mercado Livre. Parece que a MS vai adotar os protocolos de transmissão de áudio do Messenger no Skype em vez de fazer o contrário. A companhia também iniciou a integração da chamada conta Microsoft com a conta Skype. Atualmente, usuários têm a opção de autenticar-se no aplicativo para Windows 8 e outros sistemas com o endereço @hotmail.com, @outlook.com e similares – todos oferecidos pelo braço de internet da MS.

A reportagem fez uma pesquisa básica pelo “Messenger” na App Store, mas não encontrou nada. Tem, aí sim, o Skype reluzente aparecendo na segunda colocação para o termo, bem ao lado do Yahoo Messenger e do Google+, rede social mantida pelo buscador mais utilizado da atualidade.

O Live Messenger deixará de funcionar por completo em 15 de março.

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque