O G3 parece até pequeno

O G3 parece até pequeno

Rumores de um novo smartphone Nexus com tela gigante de 5,9 polegadas estão circulando pela internet há meses. Agora, foi a vez do respeitado Wall Street Journal reforçar as especulações: segundo a publicação, o aparelho será apresentado pelo Google ainda este mês, junto com a próxima versão do Android, hoje conhecida como Android L, que terá alterações profundas no visual.

Citando “três pessoas familiarizadas com a situação”, o Wall Street Journal afirma que o phablet será produzido em conjunto com a Motorola. Eles citam o nome pelo qual o aparelho é chamado internamente: “Shamu”, o mesmo dado à orca símbolo dos parques aquáticos SeaWorld, nos Estados Unidos. Pelo tamanho da telona, não é difícil entender o motivo.

Sem especificar números exatos, o site afirma que o Google espera lançar um Nexus que concorra de igual para igual com o iPhone 6 Plus em tela, mas por um preço menor. Essa prática é comum no Google: o Nexus 5, lançado em outubro de 2013, chegou aos Estados Unidos por US$ 349, um valor muito abaixo de qualquer outro topo de linha vendido por lá. Mesmo no Brasil, por R$ 1.799, o preço estava bem atraente.

Wall Street Journal não revela mais detalhes sobre o suposto Nexus 6. O PhoneArena diz que a tela de 5,9 polegadas terá resolução Quad HD (2560×1440 pixels) e que o smartphone virá com processador quad-core de 2,7 GHz (Snapdragon 805), câmera frontal de 2,1 MP e câmera traseira de 13 MP com estabilização óptica de imagem. Seu código interno seria XT1100.

Uma tela de 5,9 polegadas é muito grande, até mesmo para o Nexus 5, produzido pela LG, que possui um display de 4,95 polegadas. Mas o PhoneArena lembra que os aparelhos da linha Nexus são voltados para desenvolvedores — a ideia do Google, portanto, seria fomentar a criação de aplicativos que aproveitem melhor as telas cada vez maiores dos Androids. Faz sentido.

Paulo Higa

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Relacionados

Relacionados