Usuários do Twitter poderão compartilhar listas de perfis bloqueados

Serviço também passa a suportar gravações de vídeo em modo paisagem

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 1 mês
Lista de bloqueio - Twitter

Em breve, as contas do Twitter terão a opção de exportar e importar listas de perfis bloqueados. Na primeira olhada, a ideia parece ter pouca relevância, mas a medida pode ajudar a atenuar os aborrecimentos com spammers e participantes inconvenientes.

Segundo o Twitter, o compartilhamento de listas de bloqueio deve ser útil principalmente para contas com grandes volumes de seguidores e interações. Por serem mais visados, esses perfis costumam receber mais mensagens de spam e, dependendo das circunstâncias, são alvos de grosserias, mensagens preconceituosas, ameaças e por aí vai.

Nesse sentido, usuários que são incomodados constantemente por “trolls”, por exemplo, podem compartilhar suas listas de bloqueio para auxiliar o outro a combater o problema.

O acesso ao recurso é fácil. Na versão web do Twitter, vá em “Configurações” e clique em “Contas bloqueadas”. As opções de exportação e importação aparecerão acima dos perfis bloqueados, no lado direito. Note que a lista gerada será disponibilizada em um arquivo CSV. Basta então enviá-lo à outra pessoa.

Lista de bloqueio - Twitter

Se a opção ainda não aparece em sua conta, o jeito é aguardar. A implementação está sendo feita de maneira progressiva.

Vídeos em modo paisagem

A lista de perfis bloqueados não é a única novidade do Twitter nesta semana. Desde o início do ano, o serviço permite a publicação direta de vídeos de até 30 segundos a partir dos apps para iOS e Android. O problema é que filmagens em modo paisagem não eram suportadas. Essa limitação acaba de ser eliminada.

Vídeos - Twitter

Até então, os vídeos só apareciam em um formato quadrado que, apesar de se “encaixar” bem na timeline, frustrava alguns usuários por cortar parte das áreas filmadas. Agora, o padrão passa a ser vídeos com orientação horizontal. Quem preferir vídeos quadrados precisa apenas gravar com o smartphone “em pé”.

Essa mudança gerou uma expectativa: a de que o Twitter leve a ideia ao Periscope, serviço de transmissão de vídeo em tempo real lançado em março. Mas, até o momento, a companhia não se pronunciou sobre o assunto.

Receba mais sobre Twitter na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados