Empregados aprendem melhor quando usam videogame

Thássius Veloso
Por

Normalmente os videogames são associados ao ócio e ao entretenimento. São para aqueles momentos de lazer, nos quais não temos coisa mais importante para fazer (ou temos, mas preferimos procrastinar). Só que o benefício dos games não está limitado à diversão. É o que mostra um estudo realizado nos Estados Unidos, comprovando que o uso de videogames também é recomendado no ambiente corporativo.

Ainda não é dessa vez que o videogame será liberado indiscriminadamente na sua empresa, infelizmente. O que os pesquisadores descobriram é um aumento no rendimento de aprendizado dos funcionários quando eles passam por treinamento tendo os consoles como suporte. Pessoal do RH, fique atento: ter um Nintendo Wii, um Xbox 360 ou PlayStation 3 pode ajudar os empregados da empresa a aprender mais rápido.

Para aprender melhor

Depois de examinar 65 estudos sobre desempenhos de treinamento, com registros de mais de 6 mil trainees, as conclusões da equipe da Universidade do Colorado – Denver são de que o uso de videogames no treinamento de funcionários…

  • Aumenta em 11% o nível de conhecimento factual.
  • Aumenta em 14% o nível de conhecimentos baseados em habilidades.
  • Aumenta em 9% a taxa de retenção de trainees.

Um dos exemplos apontados pelos pesquisadores é de uma empresa fabricante de sorvete que percebeu que os funcionários colocavam mais sorte sorvete do que o necessário. Depois de projetar um jogo que mostrasse a quantidade certa de alimento a ser servida para cada cliente, os funcionários finalmente aprenderam a lição e não estão mais desperdiçando sorvete.

A recomendação dos estudiosos é que os videogames sejam usados para um treinamento mais ativo, e que estejam sempre disponíveis para os funcionários (só não vale usar aquele lindo Nintendo Wii ali parado para jogar Super Smash Bros:P).

Relacionados

Relacionados