Microsoft luta pelo fim do Internet Explorer 6 na China

Thássius Veloso
Por

Os dados mais recentes da NetApplications (empresa de estatísticas), colhidos em novembro de 2010, mostram que o Internet Explorer 6 continua sendo um pesadelo para a Microsoft. O detalhe é que o navegador é o mais usado justamente no maior mercado de internet do mundo, a China. A empresa bem que tenta, mas não consegue fazer com que o IE6 seja devidamente enterrado naquele país.

Para essa missão já tem um executivo, cujo objetivo é extinguir o navegador da face da terra. Roger Capriotti é diretor de marketing para o Internet Explorer, mas também pode ser chamado de anti-IE. Ele explicou na semana passada que o mercado chinês é tão importante porque 45,2% dos usuários continuam usando aquela versão do IE, que acompanhava o Windows XP – se bem me lembro. Essa taxa é cerca de 5 vezes maior do que o normal, verificado no resto do mundo.

Adivinhe qual é o principal motivo para essa insistência dos chineses em usar o IE6… A pirataria, claro! Para Capriotti, os Windows vendidos na China são majoritariamente piratas, sendo que nunca se conectam ao Windows Updates. Nesse cenário realmente fica difícil distribuir a versão mais recente do Internet Explorer, que é mais segura e também segue decentemente os Web Standards.

O outro motivo para esse problemão chinês é a baixa taxa de troca de computadores no país. Conforme eles vão ficando velhos, deixam de ser atualizados e também não são substituídos. Com isso, o fantasma do Internet Explorer 6 continua entre nós, para desespero dos designers de plantão.

Download | Internet Explorer 9 Beta
Baixatudo | Internet Explorer 9 Beta

Com informações: Computerworld

Relacionados

Relacionados