Arquivo Aplicativos e Software

Novo beta do Chrome fica mais rápido (se é que é possível)

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Imagine que você é uma fabricante de automóveis. O que você faz quando o seu carro já tem um dos motores mais rápidos já criados na indústria, já conta com o melhor turbocharger da categoria e ainda assim você quer deixá-lo mais rápido? Simples. Solde no teto dele um par de foguetes. Essa parece ser a filosofia do Google em relação ao seu navegador Chrome, que vai receber cada vez mais foguetes até não sobrar mais espaço para anexá-los.

O novo beta do navegador, liberado ontem, consegue ser incrivelmente mais rápido do que seus antecessores, por mais impossível que isso possa parecer. Agora na sua versão 10.0.648.82, ele conta com uma nova versão da máquina de renderização de JavaScript V8 (que é um dos foguetes metafóricos), desativamento automático de plugins antigos, sincronização mais rápida e de logins e senhas salvos, nova aba para configurações, além do suporte preliminar de aceleração de vídeo em placas gráficas (o segundo foguete metafórico).

Usuários com placas de vídeo compatíveis poderão perceber uma queda de até 80% em termos de uso de processador com o Chrome em tela cheia. O Google também aproveitou para dar uma redefinida na aba de configurações, que ganhou um link específico para cada configuração diferente, permitindo uma navegação mais rápida dentro da aba.

Quer testar as novidades? Baixe já a versão beta do Chrome, disponível para Windows, Mac e Linux.

Download | Chrome 10 beta
Baixatudo | Chrome 10 beta

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque