Nokia apresenta celulares dual-SIM para o Brasil

Nokia X1-01 e Nokia C2 chegam ao mercado no terceiro trimestre.

Thássius Veloso
Por

Ninguém quer mais ficar preso às ofertas somente de uma operadora. Claro, Oi, TIM e Vivo têm boas promoções para seus clientes, tanto nos planos pós como nos pré-pagos. E para evitar ter de escolher apenas uma delas, a Nokia anunciou nessa semana o lançamento de dois celulares com o recurso de dual-chip no Brasil.

Nokia X1-01

Nokia X1-01

Se a Nokia está no mercado faz tempo e nunca ofereceu esse tipo de aparelho, por que apostar no dual-chip só agora? Essa é a pergunta que provavelmente veio à sua cabeça. “O Brasil tem demanda relevante por celulares com dois chips, por isso é considerado pela Nokia um mercado importante para esses lançamentos”, responde Vinícius Costa, líder de produtos da Nokia, que falou rapidamente com o TB.

O Nokia X1-01, de acordo com a fabricante, tem foco nos consumidores que gostam de ouvir música. As funções destacadas para ele são o MP3 player, com teclas dedicadas para controle de play/pause, e o sintonizador de rádio FM. Para desespero daquelas pessoas que detestam a socialização da música alheia nos meios de transporte coletivos, a Nokia diz que o celular possui o alto-falante mais potente já produzido pela companhia.

Outro lançamento, o Nokia C2-00 tem desenho similar ao do Nokia C3, que foi considerado o “smartphone para iniciantes” pelo TB. O celular aceita dois SIM cards: um deles fica no interior do aparelho, muito bem guardado, e o segundo SIM Card entra na lateral do telefone, onde pode acontecer a troca mais rápida dos chips sem sequer desligar o aparelho. Roda o sistema S40.

Nokia C2-00 roda a plataforma S40

A previsão da Nokia é de que o Nokia X1-01 chegue ao mercado em julho de 2011, enquanto o Nokia C2-00 deve pintar no Brasil um mês depois, em agosto.

Como você pode notar, os aparelhos parecem ser muito simples, o que deve refletir no preço de venda deles. Por meio de sua assessoria de imprensa, a Nokia não soube precisar quanto será cobrado pelos celulares.

A empresa ainda ressalta que os aparelhos são considerados dual-SIM, e não “duplo SIM”. Segundo a Nokia, o dual-SIM “permite que dois chips diferentes sejam usados e operados ao mesmo tempo, o que permite receber ligações e escolher qual delas você quer usar na hora de fazer a chamada sem comprometer a vida útil da bateria, funcionalidades de músicas ou de mensagem”.