Arquivo Brasil

Cerveja na Campus Party custa R$ 5,50

Diretor-geral proibiu bebida alcoólica.

Thássius Veloso
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Direto da Campus Party, São Paulo – Em coletiva com a mídia na semana passada Mario Teza, diretor-geral da Campus Party, disse que bebida alcoólica continua proibida durante o evento. Não é o que se vê ao entrar na fila das lanchonetes dentro Anhembi, nas quais é possível comprar cerveja por um preço nada convidativo.

Skol ou Brahma: você decide

Na lanchonete São Paulo Hot Lanches que fica próxima da arena Mídias Sociais uma latinha de Brahma ou de Skol custa R$ 5,50. Em meio a diversos sanduíches, o consumidor pede a bebida e sai dali livremente, sem prestar esclarecimentos a ninguém – a menos que peçam a carteira de identidade para comprovar a idade do sujeito.

O Tecnoblog entrou em contato com a organização da Campus para saber se houve flexibilização na regra que proíbe a bebida alcoólica no evento. Assim que obtivermos resposta voltamos para atualizar esse artigo.

Ainda falando em alimentação na Campus Party, é notável a presença de Coca-Cola – a latinha custa R$ 5,00. Em anos anteriores era bastante comum encontrar Pepsi, mas o refrigerante mais famoso do mundo era mais difícil de conseguir das lanchonetes presentes no evento. Alegria de alguns campuseiros, em especial para se refrescar no calor senegalês do Anhembi.

Atualização em 07/02 às 14h05

Por meio de sua assessoria de imprensa a Campus Party emitiu o seguinte comunicado sobre o assunto.

” A organização da Campus Party informa que a política quanto a venda de bebidas alcoólicas não mudou, ou seja, continua proibida, e isso é válido para todos os fornecedores de alimentação presentes no evento.”

Não foi especificado se a Campus tomará medidas contra os estabelecimentos que comercializam cerveja na quinta edição do evento.

Acompanhe a cobertura total da Campus Party no Tecnoblog.

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque