Muitos usuários de iOS e Android utilizam o Read it Later e o Instapaper para simplificar a vida e arquivar fontes, tweets e artigos para que sejam lidos ou trabalhados mais tarde.

Ambos são serviços bastante úteis para quem realmente precisa desta funcionalidade e também são projetos muito bem feitos, cumprindo à risca aquilo que anunciam. A boa nova é para quem utiliza o OS X.

Agora gratuito para Mac

Um dos mais populares integradores destes dois serviços para este OS era conhecido como Read Now. Desde ontem, o aplicativo para Mac não só mudou de nome para Read Later, como também passou para freeware e ganhou novas – e boas – funções:

  • Salvar/ler em tela cheia;
  • Cache para bookmarks;
  • Atalhos para teclado;
  • Refinamento no sistema de buscas;
  • Compartilhamento com Evernote;
  • Uma ou outra coisa de layout.

Muitos de nós utilizam uma série de aplicativos de terceiros para guardar a leitura de fontes para depois, porém, basicamente em smartphones e tablets.

Talvez na mesma proporção do que aqueles que sempre procuram uma mesma solução, só que nativa e para desktops, para Mac ou Windows. Existem poucos programas na App Store para preencher este nicho e nenhum deles é free. A maioria nem sequer presta.

Para Windows, a única solução nativa decente que eu conheço é o Winslew. Fora isso, é aquele festival de bookmarlets e esquemas com leitores de RSS e feeds para você possa guardar-para-ler-depois.

A saída era: ou utilizar o belíssimo add-on para navegadores do Readability — e que, aliás, acabou de lançar um app para iPad, além de outras integrações já oferecidas —, ou então talvez o Clearly da Evernote, ainda na seara dos adicionais para browsers.

Mas nenhum freeware decente para Mac.

Até agora. Confira. Download aqui.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
San Picciarelli

San Picciarelli

Ex-redator

San Picciarelli é gerente de projetos e mestre em biotecnologia. Fez parte da equipe de redatores do Tecnoblog entre 2011 e 2012, produzindo artigos de assuntos relacionados à tecnologia, inovação e empreendedorismo. Trabalha com esse assunto desde 2006, mas também tem experiência em design e construção de sites.

Relacionados