Arquivo Internet

SXSW: Sem-teto viram pontos de acesso Wi-Fi

Gus Fune
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Direto do SXSW em Austin, Texas (EUA) – No começo dessa semana uma ação de marketing gerou bastante polêmica na porta do Centro de Convenções de Austin, principal local aonde ocorre o Festival SXSW. A Home Front, ONG de apoio aos desabrigados de Austin, em conjunto com a BBH, grande agência de publicidade, distribuiu pontos de acesso Wi-Fi com tecnologia 4G para 13 sem-teto, que passeavam com camisas dizendo que cada um era um ponto de acesso humano a internet.

A ideia da campanha é gerar mais alerta sobre o problema dos sem tetos de uma forma criativa e resolvendo uma questão que é a dificuldade de acesso a internet nas ruas.

Crédito: hardlynormal.posterous.com

Para conseguir acesso à rede, bastava enviar uma mensagem de texto SMS a um dos números mostrados na camisa de um dos “pontos de acesso humanos” para receber o nome da rede e a senha. Uma vez logado na rede, aparecia a opção para poder pagar via PayPal uma gorjeta ao dono do ponto. O grupo em uma nota avisou que não ficava com nenhuma porcentagem do que era pago aos sem-teto participante.

A grande controvérsia em cima da ação é em ela ser ou não uma forma de exploração desses moradores sem teto. Pelo que pude observar de alguns que passei perto durante o dia, achei todos muito empolgados, alguns inclusive cantando, para que as pessoas que passavam acessassem a rede e conhecessem um pouco sobre a iniciativa.

Gus Fune

Ex-redator

Gus Fune é formado em Comunicação Social e pós-graduado em desenvolvimento e design de Games. No Tecnoblog, cobriu eventos como Electronic Entertainment Expo (E3), Game Developer Conference (GDC) e South by Southwest (SXSW) e escreveu sobre esse universo. Atua, hoje, como diretor de tecnologia e assessor, mas já esteve em projetos de empresas como 3M e Motorola.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque