Arquivo Telecomunicações

Servidores do Google ficam no escuro e são resfriados com água da privada

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Essa semana a Wired publicou uma fascinante matéria sobre os servidores do Google, especificamente citando como a gigante da web os trata em termos de segurança. Apesar de ter seus próprios servidores na sede, em Mountain View, o Google precisa alugar servidores de terceiros. E quando faz isso, segundo uma das empresas que os aluga, a paranoia pela segurança e confidencialidade deles é tanta que o Google prefere deixar os servidores no escuro.

Chris Sharp, gerente de conteúdo e armazenamento na nuvem da empresa Equinix, uma das empresas das quais o Google aluga servidores, revelou uma dessas paranoias. Segundo ele, há dois anos alguns funcionários do Google retiraram todas as lampadas do espaço alugado por eles na empresa. Quando é necessário dar manutenção em algum dos servidores ou instalar novos, os funcionários precisam colocar capacetes com lanternas, normalmente usados por mineiros em minas de carvão.

Servidores do Google na Equinix | Crédito: Peter McCollough/Wired.com

O Google faz isso por que tem receio de que outras empresas se inspirem no seu design (aparentemente) revolucionário de servidores, algo que ele considera uma vantagem estratégica sobre os outros. Deixando-os no escuro, isso evitaria que seus concorrentes os enxerguem e se inspirem. E como a Equinix também loca servidores para alguns dos principais concorrentes do Google, existe alta chance de outros funcionários de demais empresas aparecerem por lá.

Outra matéria envolvendo servidores do conhecido buscador da web foi publicada hoje pelo ArsTechnica e que mostra outro centro de dados da empresa, localizado em Douglas County, na Georgia. Nesse conjunto o Google anunciou que tem usado uma maneira não muito ortodoxa de resfriar os servidores. Segundo a empresa, devido a um acordo com a companhia de água e esgoto, esses servidores são resfriados usando apenas água reciclada.

“Quando os residentes da cidade tomam banho ou dão descarga, eles estão nos ajudando a resfriar o nosso centro de dados”, declarou Joe Kava, o responsável pelo data center.

Eu poderia tecer alguns comentários sobre essa nobre atitude que o Google tem de reciclar água e se preocupar com o meio ambiente. Mas acho que o meu amigo Everton Favretto teceu o melhor comentário no Twitter:

 

Yep. Se você tem uma conta de email do Google, isso é bem possível. Viva com este fato a partir de agora.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque