Início / Notícias / Aplicativos e Software /

Windows 8 tem novo sistema de arquivos ReFS

Thássius Veloso

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Um mito a menos para o Windows 8. Nessa semana a Microsoft confirma a chegada de um novo sistema de arquivos para o futuro sistema operacional, cuja data de lançamento até agora não foi confirmada. O ReFS (Resilient File System) tira proveito do que o NTFS, tão comum hoje em dia, tem de melhor, ainda acrescendo novos recursos que farão a alegria de quem usa o sistema em servidores.

Por que servidores? Nesse primeiro momento o ReFS estará disponível somente no Windows Server 8. Nada para nós, meros mortais, que provavelmente usaremos o Windows 8 (com outro nome, imagino) em nossas máquinas de trabalho ou computadores pessoais — alguns leitores não vão usar, mas você entendeu.

Estrutura de arquivos no ReFS

Entre os atributos do ReFS está a capacidade de recuperar arquivos corrompidos com mais facilidade. O sistema também apresenta alguns bons números: cada diretório poderá ter até 2^64 arquivos; e cada volume vai comportar o máximo de 2^64 diretórios. O caminho máximo será de 32K e o tamanho máximo de cada nome de arquivo será também de 32K em caracteres seguindo o padrão unicode.

Não sou especialista em armazenamento de dados, muito menos em discos rígidos. Para os interessados em se aprofundar no assunto recomendo dar uma lida no extenso artigo escrito por Surendra Verma, da equipe de armazenamento e sistema de arquivos do Windows (em inglês). Ali dá para entender melhor cada aspecto do ReFS, além de ter explicações para algumas das decisões tomadas pela Microsoft.

Para os usuários finais há dois pontos importantes. Primeiro, o ReFS não vai funcionar como disco de boot do sistema. Segundo a MSFT ele foi feito especificamente para armazenar arquivos, não para servir de maneira funcional e prática ao sistema operacional. Segundo, também não vai funcionar em mídias removíveis — como pendrives.

O ReFS chega primeiro ao Windows Server 8. Na sequência, em outra geração do Windows, podemos imaginar que o sistema de arquivos apareça também na versão mais usual do sistema operacional.