Um dos problemas citados logo após o lançamento do iPhone 5s, no ano passado, era o fato do smartphone entortar quando alguém sentasse com o aparelho no bolso de trás da calça. Até aí, tudo bem — estamos falando de um descuido, um peso muito grande aplicado sobre um aparelho eletrônico. O problema é que alguns usuários estão relatando que o iPhone 6 Plus está entortando mesmo no bolso da frente da calça.

Com tela de 5,5 polegadas e 7,1 mm de espessura, o iPhone 6 Plus é significativamente maior e um pouquinho mais fino que o iPhone 5s, mas também possui um corpo de alumínio, um metal bastante maleável. Ao MacRumors, um usuário relata que, depois de dirigir, dançar e cochilar durante o dia, com o aparelho no bolso da frente da calça, notou que seu smartphone grandalhão estava levemente entortado.

bent-iphone6-plus

O caso não parece ser isolado. Outro usuário, identificado como DevinPitcher, notou o mesmo inconveniente com o iPhone 6 Plus de um amigo — o aparelho estava no bolso da frente da calça e, ao tirá-lo, seu colega recebeu uma surpresa não muito agradável:

iphone-6-plus-entortado

Será que o iPhone 6 Plus está fino e frágil demais para um aparelho tão grande, que naturalmente sofrerá mais pressão dentro do bolso da calça? O fato é que o Unbox Therapy fez o teste para ver se o iPhone 6 Plus, de fato, entortava (e conseguiu). Obviamente foi feita uma força maior, mas é péssimo saber que existe uma possibilidade clara de envergar o aparelho permanentemente:

Mas isso é um problema específico do iPhone 6 Plus? Não dá para ter certeza, mas o mesmo teste foi feito com um Galaxy Note 3, de 5,7 polegadas. O phablet da Samsung, com corpo de plástico, chega a entortar um pouco ao aplicar bastante força, mas logo volta ao formato original:

Pelo menos já sabemos qual será a grande novidade no design do iPhone 6s Plus.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Relacionados