Delete sua conta do Yahoo. Essa é a nossa recomendação depois dos recentes casos de vazamento de dados da empresa — que demoraram para ser revelados aos usuários, pioraram com uma segunda invasão ainda mais grave e, quando ninguém esperava mais nada, houve outro ataque, com uma técnica diferente. Mas existe uma pegadinha que você precisa saber ao excluir sua conta.

Para deletar sua conta, você deve acessar esta página do Yahoo, fazer login e confirmar a operação. A empresa informa: “Na maioria dos casos, sua conta será desativada e removida de nossa base de dados de registro de usuários em aproximadamente 90 dias. Este atraso é necessário para desencorajar ações fraudulentas”.

Nada muito inconveniente, certo? Basta confirmar a exclusão e, em 90 dias, suas informações somem do Yahoo. Mas o usuário David Clarke conta ao ZDNet que tentou fazer login no dia 91 em sua conta teoricamente excluída e… ela ainda estava ativa. Pior: o Yahoo confirmou a David que, se você fizer login durante o prazo de 90 dias, o contador é reiniciado e você precisa esperar outros 90 dias (?).

Calma que piora: dois usuários relataram que solicitaram a exclusão em agosto e setembro de 2016, mas suas contas permaneceram ativas, mesmo sem fazer login. Um deles soube disso porque continuava recebendo e-mails de listas do Yahoo, o que só poderia significar que a conta ainda funcionava. Já o outro, que deveria ter sua conta deletada até dezembro de 2016, recebeu um e-mail de tentativa de login inesperada no último dia 1º de fevereiro.

Felizmente, parece que algumas contas realmente são excluídas pelo Yahoo no prazo certo. É possível saber se sua conta foi deletada ao tentar fazer login em algum serviço — depois de digitar o endereço de e-mail, o formulário deve informar que o nome de usuário não existe ou não foi reconhecido.

Difícil, hein.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Relacionados